You are here:  / Críticas / Destaque / Seriado / Trailers / Ruptura: seriado da Apple TV é um soco no estômago

Ruptura: seriado da Apple TV é um soco no estômago

Ruptura é um seriado original Apple TV que teve sua primeira temporada lançada este ano no streaming. Criada por Dan Erickson e com vários episódios dirigidos por Ben Stiller (Trovão Tropical), é um scifi que não irá agradar todo mundo. Tudo por conta do ritmo lento. Contudo, o intuito é que o espectador deguste cada um dos 9 episódios e tenha um alento de genialidade e competência no meio de tantos projetos feitos a toque de caixa.

Pense na seguinte hipótese: uma empresa faz a oferta para implantarem um chip em sua cabeça. Desta forma, esquecerá tudo o que viveu nas horas em que trabalhou. Você aceitaria?

O fato é que, dentro da Lumen (a empresa do seriado), tudo é metodicamente calculado, ou seja, setores não se comunicam entre si, os corredores são labirintos claustrofóbicos e os computadores arcaicos.

Em seguida, o funcionário do mês ganham uma festa regada a waffles. Todos comem, dançam e chegam ao elevador, onde as mentes apagadas – é o ciclo vicioso acompanhado desde Tempos Modernos, de Chaplin. E mesmo que Mark S. (personagem de Adam Scott) e companhia tenham topado essa loucura, não se atentaram sobre a ética (ou a falta dela) daqueles engravatados.

Seria este um sinal do que ocorre em boa parte das estruturações atuais?

Ruptura vai além dos escritórios

A pergunta acima tende a ser provocativa! Portanto, vá além de um conglomerado administrativo. Ruptura me fez ‘sair da caixa’ e olhar para a sociedade e a falência moral, para as religiões e seu modus operandi e todos os nichos que o inserem numa bolha.

Dentro daquele escritório, os computadores são do início da década de 1990. Tudo para que este distanciamento entre ‘mundo real’ e ‘mundo do trabalho’ fique cada vez mais plausível. E colocando para nosso dia a dia (com as falas e demonstrações desta ou daquela figura), fica fácil notar certas similaridades, não é mesmo?ruptura

Com tudo isso, dizer que a direção é impecável, assim como o design de produção e aquela abertura, é ‘chover no molhado’.

Elenco de Ruptura

Primeiramente, Adam Scott como Mark Scout é fora de série. Mas, além dele, precisamos citar a monstruosa Patrícia Arquette (Stigmata), John Turturro (The Batman) e Britt Lower, interpretando Holly. Fique de olho na participação de Christopher Walken e todo o restante do elenco de Ruptura.

Se The Office deu ao espectador uma comédia lotada de vergonha alheia, este scifi tem humor refinado e elegante. Enfim, há quem diga que Mark Scout e Michael Scott têm muito mais em comum do que apenas a semelhança nos nomes.

Onde assistir a 1ª temporada de Ruptura

A 1ª temporada de Ruptura pode ser visto na Apple TV e já foi renovada!

Trailer de Ruptura

 

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas