You are here:  / Críticas / CÍRCULO DE FOGO

CÍRCULO DE FOGO

“Círculo de Fogo” surgiu para ser um dos maiores eventos nerds para o cinema no ano de 2013 e todos os trailers indicavam que teria um grandioso grau de inventividade e homenagem, além de batalhas épicas e alucinantes.

Guillermo del Toro (“O Labirinto do Fauno”), demonstra todo seu fascínio por animês como “Evangelion” e por monstros nipônicos como “Godzilla” já nas primeiras cenas – com uma explicação rápida e sem grandes segredos – e continua jogando todos os estereótipos, uns mais escancarados e outros nem tanto, no decorrer dos longos 120 minutos.

Se o início agrada pelos efeitos especiais, o uso em demasia desta mesma ferramenta cansa e se torna extremamente repetitivo, sem contar a péssima escolha de Charlie Hunnm (“Cold Mountain”) e de Rinko Kikuchi (que estará ao lado de Keanu Reeves em “Os 47 Ronins”), que devem ter esquecido as expressões faciais em casa – ao contrário da atriz que interpreta Mako Mori quando criança.

Del Toro tenta também inserir um alívio cômico e, adivinhem, erra feio, pois não está tão acostumado com essa estrutura e esse timming – o único que funciona é Ron Pearlman (“Hellboy”). Mas acerta nas grandiosas locações e no uso do 3D, que é mostrado sem megalomanias.

Em um determinado momento, criaturas gigantescas saem do mar e começam a destruir várias cidades do mundo. Para combater a ameaça, os humanos constroem robôs de combate conhecidos como Jaegers, controlados por duas pessoas através da conexão neural. Nem isso para os bichões, então colocam para a luta um robô que estava praticamente em desuso, comandado por um ex-piloto que perdeu seu irmão pelas mãos dos Kaiju.

Dificilmente terá a força para transformar-se em uma franquia – até porque não foi bem nas bilheterias americanas e pelo visto, aqui no Brasil também ficou aquém do esperado –, mas foi a tentativa válida de mostrar ao mundo que o Ocidente ainda pode fazer uma homenagem a altura para os animes e tokusatsus orientais.

Título Original: Pacific Rim
Ano Lançamento: 2013 (Estados Unidos)
Dir: Guillermo del Toro
Elenco: Idris Elba, Charlie Hunnam, Ron Perlman, Charlie Day, Clifton Collins Jr., Max Martini Herc Hansen, Rinko Kikuchi, Burn Gorman

ORÇAMENTO: 190 Milhões de Dólares
NOTA: 5,5

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • Blogueiros Do Brasil ( @BlogsBrasil )

    Orgulhosamente PUBLIQUEI uma ‘chamada’ para este ótimo artigo no site agregador de conteúdo dos Blogueiros do Brasil (( http://omelhordos.blogueirosdobrasil.com/ )).

    IMPORTANTE : As visitas aparecerão no
    Google Analytics e em outras ferramentas
    similares como originadas na URL
    http://ads.tt/ .

    Abraços cordiais.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca