You are here:  / Críticas / X-MEN PRIMEIRA CLASSE

X-MEN PRIMEIRA CLASSE

www.cinepop.com.br

A cada vez que via um novo trailer ou cartaz de X-MEN – PRIMEIRA CLASSE, tinha mais certeza que o filme iria me decepcionar demais. Então, num certo momento, resolvi parar de vê-los e me contentar com a trilogia original. Qual não foi minha surpresa ao perceber um sorriso de alívio e contentamento em meu rosto, no final da sessão.

A estruturação do roteiro tem muito a cara de BRYAN SINGER – que também é produtor –, mas há uma liberdade grande para MATTHEW VAUGH (KICK ASS – QUEBRANDO TUDO) dirigir seus atores. Aliás, aí está um dos grandes trunfos do longa pois tirando as insossas ZOE KRAVITZ (filha de Lenny Kravitz), que interpreta a personagem mais desnecessária do longa, Angel e EMMA FROST, todos se doam ao máximo em suas atuações e ao contrário do que ocorreu com X-MEN – O CONFRONTO FINAL, 90% dos mutantes são bem construídos.

O Professor Xavier de JAMES MCAVOY (O PROCURADO), poderia ter uma carga de diálogos filosóficos irritantes, mas há uma boa dosagem disso, mescladas com bom humor e do outro lado da moeda, tentando encontrar seu espaço no mundo, um Magneto irretocável de MICHAEL FASSBENDER (BASTARDOS INGLÓRIOS), com uma dramaticidade impressionante. Portanto é corretíssimo afirmar que, assim como Batman e Coringa em BATMAN – O CAVALEIRO DAS TREVAS, Magneto e Xavier se completam.

Nos anos 60, um jovem que é formando em filosofia chamado Xavier conhece Erik, que é filho de judeus assassinados durante a 2ª Guerra Mundial e que escapou graças aos poderes de controlar os metais. Ao descobrirem novas forças mutantes, os dois se juntam para ensinarem jovens a controlarem seus poderes psíquicos e usarem para fins pacifistas. Mas Erik, que ainda tem um imenso ódio no coração, pode ir contra esses princípios e influenciar outros de sua raça.

A questão social, sempre muito debatida nas HQs dos heróis é elevada aos extremos aqui, deixando de lado os ‘bom mocismos’, para trazer todo o suspense e a linha tênue que paira entre duas nações que estão prontas para entrarem em guerra – a seqüência dos navios sendo preparados é aterrorizante.
O fato é que todos estão descobrindo seus poderes (e Erik ainda acreditava ser o único com esses dons) e são cautelosos em relação a mostrá-los publicamente.

É uma teia de situações para deixar qualquer um boquiaberto e as participações de HUGH JACKMAN (bem rápida), KEVIN BACON (SOBRE MENINOS E LOBOS) e JENNIFER LAWRENCE (INVERNO DA ALMA) são excelentes e pontua o que podemos ter na franquia daqui para a frente.
Espero honestamente, que venham mais surpresas positivas como esta ao longo do ano… o próximo filme que pode calar a minha boca é LANTERNA VERDE. Vamos esperar!

Título Original: X-Men: First Class
Ano Lançamento: 2011 (EUA)
Dir: Matthew Vaugh
Elenco: Kevin Bacon, James McAvoy, Michael Fassbender, Rose Byrne, Oliver Platt, Zoë Kravitz, Jennifer Lawrence

ORÇAMENTO: 160 Milhões de Dólares


PERGUNTA PARA O INTERNAUTA:

* O que você achou de X-MEN PRIMEIRA CLASSE ?
* Acha necessário uma seqüência ?

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • Gostei pra caramba do filme, principalmente da atuação de Fassbender. O cara dominou bem o papel. Gde abraço!

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca