You are here:  / Seriado / Seriado | Uésti Uordi

Seriado | Uésti Uordi

Começo a escrever esse post às 23h30, exatamente após terminar de assistir o último episódio da 1ª temporada de Westworld e na verdade eu nem sei muito bem o que escrever, mas vamos ver o que sai.

Para contextualizar quem ainda não sabe do que se trata, esta é a nova série da HBO, lançada no final do ano passado. Foi criada por Jonathan Nolan (conhece o sobrenome? Sim, ele é irmão do Christopher) baseada no filme de mesmo nome, lançado lá em 1973. Seu elenco é maraviwonderful contando com Anthony Hopkins, Ed Harris, Evan Rachel Wood, Thandie Newton… e a lista continua com nomes de peso inclusive o brasileiro Rodrigo Santoro, que manda muito bem!

Bom, vamos lá…

Fiquei mais uns cinco minutos aqui tentando começar, mas ainda não consegui, então fui procurar no google “alguém entendeu westworld?” mas não obtive resposta. ‘Westworld’ é bem complicadinha de entender e tá aí o grande barato da série, talvez venha daí a comparação que fazem dizendo que “é o novo Game of Thrones”.

Tirando algumas questões de roteiro que ficaram meio abertas (ou eu não consegui pegar), as explosões de pensamentos e questionamentos colocadas em sua mente pela série é o que há de melhor!

Westworld

Anthony Hopkins em uma das cenas de Westworld

Ela se passa numa espécie de parque temático simulando o velho oeste, onde os anfitriões (que na verdade são robôs) seguem algumas narrativas onde os visitantes participam. Sim é difícil de explicar, vou dormir e termino esse post amanhã, porque já passou da meia noite.

Demorei pra dormir ontem, mas tudo bem, agora de manhã ainda não sei o que escrever, mas pensei em alguns comparativos com referências que eu tenho. Pensa num episódio de ‘Black Mirror‘, agora pensa nele com a possibilidade de ser expandido para uma série toda. Imagina a profundidade que isso pode ter. WestWorld é tipo isso. Lembram do filme Matrix e dos irmãos Wachowski? Então, se você assistisse Westworld sem saber de nada, poderia tranquilamente chutar que a série tinha sido criada por elas. Quem aí ja jogou The Sims, um jogo de computador onde a gente controla “seres humanos”? O parque de Westworld é mais ou menos isso.
Assista a série por sua conta e risco, mas prefira um ambiente tranquilo onde você possa prestar atenção sem ser interrompido e prefira um horário que esteja sem sono, porque o foco tem que ser total.

Bom, o foda agora é esperar até 2018 pela 2ª temporada, até lá ficarei questionando minha própria existência e a minha função nesse mundo! Na verdade, aproveitarei para assistir novamente essa temporada para ver se consigo algo mais.

Achou meio confuso esse post? Que bom, é exatamente assim que eu to me sentindo após esta temporada. E você, já assistiu? O que achou?

Por Jonathan Pádua

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca