You are here:  / Críticas / VIPS

VIPS

‘Olhe bem para os meus olhos e veja se estou mentindo!’, a frase final de VIPS resume bem tudo o que o diretor TONIKO MELO (confira a entrevista com ele aqui) quer nos passar ao longo dos 96 minutos de projeção e acerta ao colocar toda a responsabilidade nas mãos de WAGNER MOURA (TROPA DE ELITE), que molda um personagem extremamente carismático, ambicioso e quase sarcástico, por acreditar nas próprias mentiras.

É verdade que suas mudanças soam um tanto forçadas – principalmente sua fase ‘jovem’ – e seu affair é pouco desenvolvido, mas ao ‘transformar-se’ em um dos donos de uma famosa companhia aérea nacional e enganar repórteres, atores e todo auto-escalão da sociedade brasileira, estampa-se o grande jogo de interesses por trás do status de alguns.

As ilusões que tem com seu pai vão alimentando sua própria ambição de conseguir chegar mais longe e notamos que Marcelo não dá importância ao dinheiro em si, mas sim em seus golpes e na fama momentânea.

VIPS é baseado na história de Marcelo da Rocha, que teve diversas identidades ao longo de um tempo. O drama pessoal do rapaz tem início com pequenos golpes que vão tomando proporções gigantescas e acaba por levá-lo ao carnaval de Recife, sendo reconhecido como um grande empresário.

Diversão escapista e inteligente, com coadjuvantes sem grandes pretensões, mas um protagonista excelente, mesmo com inúmeras ‘licenças poéticas’.
Tirado do livro VIPS – HISTÓRIAS REAIS DE UM MENTIROSO e roteirizada por THIAGO DOTTORI e o talentoso BRÁULIO MANTOVANI, é mais um exemplo do quanto nosso cinema está crescendo e aparecendo! Com certeza vale à pena conferi-lo!

Título Original: VIPS
Ano Lançamento: 2011 (Brasil)
Dir: Toniko Melo
Elenco: Wagner Moura, Gisele Fróes, Norival Rizzo, Juliano Cazarré, Roger Gobeth, Emiliano Ruschel

ORÇAMENTO: 8 Milhões de Reais


PERGUNTA PARA O INTERNAUTA:

* O que você achou de VIPS ?
* Qual foi a maior mentira que você já contou ?

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas