You are here:  / Destaque / Games / GAMES | UNTIL DAWN

GAMES | UNTIL DAWN

Olá seres da Internet, bem vindos a mais um Pipocando nos Games.

Hoje, é dia de terror por aqui e falaremos de ‘Until Dawn’ o mais novo e exclusivo jogo da Sony, que já bateu recordes de views no Youtube. Então, sem mais delongas, vamos ao review.

‘Until Dawn’ era muito aguardado pelos fãs do gênero e não desapontou ao chegar, com enredo bem na linha de “teenagers terror movie”, mostra a história de um grupo de adolescentes que retornam a uma cabana onde alguns fatos (sem spoilers) haviam ocorrido. Tudo começa a ficar perigoso quando um assassino em série resolve acabar com a festa, agora é uma corrida contra o tempo para entender o porquê de algumas coisas sobrenaturais estarem acontecendo, quem é e como acabar com o assassino.

O roteiro pode não funcionar mais para o cinema, pois já não causam sustos nos espectadores, mas quando é você o ameaçado, tudo muda.

Todos os jogadores são atores reais, com gráficos e referências a excelentes filmes.

Apesar de bem polêmica, a jogabilidade segue o estilo dos jogos da produtora Telltale que nos trouxe ‘The Walking Dead: The Game’ e o grande sucesso ‘Heavy Rain’, onde o jogador controla pouco o personagem e mais os Quick Time Events e decisões que influenciam no comportando e no desenrolar do jogo. Isso realmente funciona nesse game, pois dependendo da decisão tomada, alguns personagens poderão morrer (e não existe “continue” para trazê-lo de volta, ou seja, uma vez morto o enredo do jogo se altera e nada mais será como antes).

Essa jogabilidade é o ponto forte e fraco do jogo, já que, por não possuir total controle e muitas vezes somente assisti-lo, os sustos e a imersão nem sempre são positivos. E aquela velha discussão, se os jogos são melhores quando jogáveis ou quando imersivos retornou.

Os gráficos majestosos fazem certos deslizes passarem despercebidos, os bugs são inexistentes e sustos de pular da cadeira estão presentes. Em suma, o game me prendeu e me divertiu muito e entre um capítulo e outro. Todo o game é protagonizado por atores reais, com uma captura facial e movimentos corporais perfeitos. ‘Until Dawn’ vale a pena ser jogado/assistido por muitos motivos e, sem dúvida, virão sequências.

Os Quick Time Events são uma frequente no jogo, trazendo tensão e imersão aos gamers.

Por hoje é só galera, coloquem nos comentários dicas, sugestões e é claro o que acharam do game.

Um abraço moreno a todos e até semana que vem!

Por Alessandro Oliveira

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca