You are here:  / Críticas / UNDERWORLD – ANJOS DA NOITE

UNDERWORLD – ANJOS DA NOITE

É ótimo quando você é surpreendido por um filme que ninguém botava muita fé. O fato é que Len Wiseman pegou dois temas batidos e ultrapassados (vampiros e lobisomens) e criou um universo muito interessante, lotado de ação, tiroteios, sensualidade e um roteiro que, se não é inédito, ao menos é divertidíssimo.

O trio principal, formado pela estonteante Kate Beckinsale (‘Pearl Harbor’), Scott Speedman (‘Duets – Vem Cantar Comigo’) e Michael Sheen (‘Linha do Tempo’), estão muito bem, fazendo-nos, pelo menos por alguns instantes, esquecer de fiascos como ‘Drácula 2000’, ‘A Rainha dos Condenados’ e tantas outras produções B por aí.

Numa noite qualquer, Michael Corvin entra no metrô e se depara com um violento tiroteio entre os Lycans (lobisomens) e os Mercadores da Morte (vampiros). No meio disso tudo ele é salvo por Selene, mas ela não entende o motivo dos Lycans irem atrás de Corvin, já que os lobisomens preferem distância de seres humano.

As roupas e algumas coreografias lembram ‘Matrix’ – sem 90% da complexidade do mesmo – e o final, descaradamente aberto para uma continuação, deixa os espectadores ansiosos pelo próximo episódio. Vá com o cérebro desligado e se prepare para a diversão.

NOTA: 7,0
ORÇAMENTO: 23 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

2 COMMENTS

  • não seria Underworld o nome do filme?

  • hahahahahah

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca