You are here:  / Top CP / 10 Filmes da Pornochanchada, uma história do cinema nacional

10 Filmes da Pornochanchada, uma história do cinema nacional

A pornochanchada foi um gênero muito famoso na década de 70 e boa parte dos filmes foram produzidos na chamada Boca do Lixo. Eram filmes que abusavam do erotismo e que, por vezes, continham cenas de sexo explícito.

No início da década de 80 ocorreu a popularização dos vídeo-cassetes e a pornochanchada chegou ao fim. Vários atores e atrizes famosos começaram sua carreira neste ‘sub-gênero’ nacional, caso de Sônia Braga, Antonio Fagundes, Reginaldo Faria e Vera Fischer, para citar alguns.

Aqui vão 10 Filmes da Pornochanchada para você conhecer:

– A Viúva Virgem (1972)

Após se ver viúva, a jovem e virgem Cristina vai morar no Rio de Janeiro, no apartamento do falecido marido.
Chegando lá conhece Constantino, um homem que quer dar o famoso ‘golpe do baú’. Mas o fantasma do ex não deixará Constantino em paz.

– O Libertino (1973)

10 Filmes da Pornochanchada

O comendador Emanuel é um senhor moralista que dedica sua vida a combater a pornografia. Sua situação econômica não é boa. Portanto, ele é obrigado a alugar sua mansão para um colégio de moças que na verdade tem outra função.

A SuperFêmea (1973)

Foi o segundo trabalho de Vera Fischer no cinema. Ela é a bela modelo contratada para fazer a campanha de uma pílula contraceptiva para homens. O problema será conquistar a confiança do público alvo, uma vez que todos desconfiam que o tal produto pode causar impotência.

Ainda Agarro Esta Vizinha (1974)

O publicista Tatá conhece Tereza, moça chegada do interior. Interessando-se por ela, prevê uma conquista fácil como as de várias outras vizinhas e pretende explorar a virgindade da moça para obter um casamento proveitoso.

Dona Flor e seus Dois Maridos (1976)

Vadinho, um mulherengo e jogador inveterado, morre repentinamente e sua mulher, Dona Flor fica inconsolável pois apesar dele ter vários defeitos era um excelente amante. Depois de algum tempo ela se casa com Teodoro Madureira, um farmacêutico que é exatamente o oposto do primeiro marido. Ela passa a ter uma vida estável e tranquila, mas tediosa. De tanto “chamar” pelo primeiro marido, ele um dia aparece.

O Bem Dotado, O Homem de Itu (1978)

Lírio é um caipira ingênuo nascido em Itu. Por causa das gigantescas proporções de seu pênis o rapaz foi para a cidade grande, onde se transformou em um “homem-objeto” para mulheres da classe alta.

A Dama da Lotação (1978)

Carlos e Solange se amam desde jovens e acabam se casando, mas na noite de núpcias, Solange se recusa a fazer amor com ele e em um acesso de raiva, a estupra. Solange afirma que o adora, mas nos meses que se seguiram ao casamento ela não pode ser tocada por Carlos. Para provar a si mesma que não é frígida, começa uma rotina diária de seduzir homens em coletivos. Carlos entende que ela é infiel, enquanto ela busca ajuda psiquiátrica pois não sente nenhum remorso.

As Histórias que Nossas Babás não Contavam (1979)

Sátira do conto de Branca de Neve em que os sete anões mostram ao príncipe encantado que tamanho não é documento.

Mulher Objeto (1981)

Regina não passa de uma submissa e reprimida ex-secretária que só alcança o prazer através de fetiches que não abandonam sua imaginação. Ela sofre com essa situação incomum que ameaça o confortável casamento com Hélio e atormentada pela intensidade dos devaneios picantes, não consegue se relacionar sexualmente com o marido.

Amor Estranho Amor (1982)

Hugo sai do Sul do país com a avó e desembarca em São Paulo, onde é deixado na frente de um palacete. Ali mora e trabalha Ana, uma prostituta e amante do governador de São Paulo. O garoto irá conviver neste ambiente com outras garotas de programa como Tamara. Ela seduz Hugo – então garoto com doze anos – e o molesta. É o polêmico filme com a participação de Xuxa.

Enfim, quais destes 10 Filmes da Pornochanchada você já assistiu?

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas