You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / STAR WARS EPISÓDIO IV – UMA NOVA ESPERANÇA

STAR WARS EPISÓDIO IV – UMA NOVA ESPERANÇA

Ao ler o arrebatador livro ‘Como a Geração Sexo, Drogas e Rock’n’Roll Salvou Hollywood’, de Peter Biskind, muito se entende da persona de George Lucas, um homem excêntrico, lotado de neuras e nerd até o último fio de cabelo, que havia tido um fracasso retumbante com ‘THX’ e conhecido o sucesso com ‘Loucuras de Verão’.

‘Star Wars Episódio IV – Uma Nova Esperança’, celebrada como o início promissor de uma das franquias mais incríveis de todos os tempos, quase não saiu do papel. Primeiro porque os estúdios não queriam comprar a ideia, depois pelo orçamento e por último, os efeitos especiais quase impossíveis para a época – vistos hoje em dia, conseguimos notar o grau de genialidade do diretor, pois apesar de algumas coisas envelheceram mal, quase não incomodam o espectador.

O grande problema é que a familiaridade com a direção de elenco deixa a desejar, principalmente porque Lucas acreditava que os atores eram uma espécie de ‘peça secundária’ no contexto geral e, cá entre nós, Mark Hamill precisaria de boas aulas de interpretação, pois dá boas escorregadas na construção de Luke. A contraponto disso, a apresentação do vilão, com a trilha sonora antológica, sua vestimenta preta inconfundível e seu grau de crueldade bastante afiados, é irretocável, além dos androides R2-D2 e C-3PO e do peludo Chewbacca, como alívios cômicos de todo enredo.

Há muito tempo, em uma galáxia
muito, muito distante…

É um período de Guerra Civil.
Partindo de uma base secreta,
naves rebeldes atacam e
conquistam sua primeira
vitória contra o perverso
Império Galático.

Durante a batalha, espiões
rebeldes conseguem roubar
os planos secretos da arma
decisiva do Império,
a Estrela da Morte,
uma estação espacial blindada
com poder suficiente para
destruir um planeta inteiro.

Perseguida pelos sinistros
agentes do Império, a princesa
Léia apressa-se em voltar
para casa a bordo de sua
nave estrelar, protegendo
os planos roubados que
podem salvar seu povo e
restaurar a liberdade na
galáxia….

A definição de bem e mal são claras, mas nem por isso piegas, as coreografias de luta e cenas de ação são muito divertidas e certas frases emblemáticas são a cereja do bolo. Esta ‘Nova Esperança’, viria não só para dar o subtítulo a obra, mas seria um respiro de novidade, numa Hollywood lotada de mudanças – e esperança – por conta de nomes como o de Lucas, Coppola e Spielberg.

Título Original: Star Wars Episode IV – A New Hope
Ano Lançamento: 1977 (Estados Unidos)
Dir: George Lucas
Elenco: Mark Hamill, Harrison Ford, Carrie Fisher, Peter Cushing, Alec Guinness, Anthony Daniels, Kenny Baker, Peter Mayhew, David Prowse, James Earl Jones

ORÇAMENTO: 11 Milhões de Dólares
NOTA: 6,0

Por Éder de Oliveira

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca