You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / STAR WARS: EPISÓDIO II – O ATAQUE DOS CLONES

STAR WARS: EPISÓDIO II – O ATAQUE DOS CLONES

George Lucas, desde que começou sua carreira com a ficção científica ‘THX’, sempre flertou com os efeitos especiais e a tecnologia. Visto isso, começou a maior saga de sua carreira pelo quarto episódio, tendo em vista que os efeitos especiais para os episódios 1, 2 e 3 não haviam evoluído o suficiente naquela época.

Se em ‘A Ameaça Fantasma’ ele nos deu uma divertidíssima aventura e mostrou que era, verdadeiramente um Jedi, neste ‘O Ataque dos Clones’, parece ter se rebelado e indo para o lado Negro da Força. Nada aqui dá certo, desde a computação gráfica exagerada, que nos acompanha durante as maçantes duas horas e vinte minutos (poderiam cortar, no mínimo, vinte minutos), até o romance de Anakin e Padmé.

Este é o tipo de assunto que vale um parágrafo, pois Hayden Christensen é um péssimo ator e não tem a menor expressividade e Natalie Portman (que é uma excelente atriz) resume sua personagem em diálogos chorosos e cara de sofrimento – o tal flerte entre os dois toma uns 60% do filme.

Há apreensão no Senado Galáctico.
Milhares de sistemas
solares manifestam
sua intenção de deixar a República.

Esse movimento separatista,
sob a liderança do misterioso
Conde Dookan, tornou difícil
para o pequeno número de
Cavaleiros Jedi manter a paz e
a ordem na galáxia.

A senadora Amidala, ex-rainha
de Naboo, está voltando ao
Senado Galáctico para votar a
delicada questão de criar um
Exército da República para
ajudar os combalidos Jedi.

‘O Ataque dos Clones’ sofre da famosa ‘Síndrome do segundo episódio’, que já afetou inúmeros projetos em Hollywood, uma pena, pois a premissa era boa, mas nem os tais clones do título e a história de como foram criados funciona. Apenas uma coisa salva o projeto de ser inassistível, é a luta de Yoda e a confirmação de que o maior mestre de todos ele é.

Título Original: Star Wars Episode II – Attack of the Clones
Ano Lançamento: 2002 (Estados Unidos)
Dir: George Lucas
Elenco: Ewan McGregor, Natalie Portman, Hayden Christensen, Christopher Lee, Samuel L. Jackson, Frank Oz, Ian McDiarmid, Pernilla August, Temuera Morrison

ORÇAMENTO: 120 Milhões de Dólares
NOTA: 4,0

Por Éder de Oliveira

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • É um bom filme, poderia ser melhor, mas não é ruim.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca