You are here:  / Críticas / SOMOS TÃO JOVENS

SOMOS TÃO JOVENS

O cenário musical em Brasília era fortíssimo em meados dos anos 80, principalmente o rock‘n roll. Estima-se que na época, se somadas todas as bandas, contando também as mais famosas como a própria Legião Urbana, Capital e Peble Rude, chegaríamos ao incrível número de 300 bandas que tentavam um ‘lugar ao Sol’.

O diretor Antônio Carlos Fontoura (‘Uma Aventura do Zico’), tenta, mas não expõe tão bem a essência daquela década – o fato é que o documentário ‘Rock Brasília’ fez isso muito melhor –, além do que determinados diálogos do roteiro, são inseridos com uma preguiça e falta de sintonia absurdos, como é o caso de quando Renato e Ana comentam, desnecessariamente “que festa estranha, quanta gente esquisita” ou mesmo ao notarmos qual foi a inspiração para o vocalista da Legião, para criar a música “Eduardo e Mônica”.

Mas há momentos importantes, pois o diretor, o roteirista e principalmente o excelente Thiago Mendonça (‘2 Filhos de Francisco’), captam todos os dilemas e a formação de Renato como artista – além de presenciarmos sua incredulidade, perante O descaso do governo com a população.

Logo após trocar o Rio de Janeiro por Brasília, o futuro líder da Legião Urbana, Renato Russo, se aproxima ainda mais do rock’n roll e com o punk rock, mais especificamente. Com isso, entra no cenário brasiliense, criando a banda Aborto Elétrico e tendo que ‘cuidar’ dos egos de todos os integrantes – além do dele próprio.

O desconhecido Edu Moraes como Herbert Viana está impagável e nas poucas vezes que aparece, faz com que ‘Somos Tão Jovens’ fique mais interessante. Mas, com um clímax tão pobre, fica difícil qualquer ator segurar um longa metragem.
Talvez ainda precisamos aprender a moldar uma cinebiografia com mais firmeza, mas esta é outra tentativa, quem sabe na próxima não acertamos mais!

Título Original: Somos Tão Jovens
Ano Lançamento: 2013 (Brasil)
Dir: Antônio Carlos da Fontoura
Elenco: Thiago Mendonça, Laila Zaid, Bruno Torres, Daniel Passi, Sandra Corveloni, Marcos Breda, Bianca Comparato, Conrado Godoy

ORÇAMENTO: 6 Milhões de Reais
NOTA: 5,0

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas