You are here:  / Críticas / SEVEN – OS SETE CRIMES CAPITAIS

SEVEN – OS SETE CRIMES CAPITAIS

magacine.no.sapo.ptQue David Fincher (‘Clube da Luta’) é um dos diretores mais inteligentes e espetaculares da sua geração, ninguém tem dúvida, mas após estrear em Hollywood com o controverso ‘Alien 3’ – o corte final foi mudado – ele pegou o roteiro denso de Andrew Kevin Walker e fez um dos filmes policiais mais prazerosos e tecnicamente perfeitos que já tive a oportunidade de assistir e um dos melhores das últimas duas décadas.

Morgan Freeman (‘Os Imperdoáveis’) traz a experiência e Brad Pitt (‘Sete Anos no Tibet’) o ar juvenil de um aspirante a detetive. No decorrer dos minutos, a tensão só aumenta – e a montagem perfeita propicia isto – e a forma com que o criminoso trata suas vítimas é sagaz e violenta, mas nunca Fincher joga gratuidade nestas sequências.

David Mills e William Somerset são detetives que foram encarregados de prender um serial killer que mata conforme os crimes capitais. Inicialmente, tudo indica ser só um louco tentando seus 15 minutos de fama, mas eles não percebem que estão no meio do jogo deste psicopata.

Dentro do carro, a conversa entre os detetives e o suspeito, traz à tona o que Hollywood e o cinema em geral têm de melhor – e o desfecho é impactante e fica pulsando em nossa mente por horas. Talvez ‘Seven’ seja o ‘Clube da Luta’ do gênero policial, pois pode também ser intitulado de obra prima. O espectador agradece.

NOTA: 10,0
ORÇAMENTO: —

Comente via Facebook

Comentários

2 COMMENTS

  • Negaoooo, o Brad eh massa!
    Mas num kurto filme assim!
    Bju manu!

  • eder ta muito bom esse blog os filmes cada vez melhores
    continue assim
    um abraço
    AFONSO

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca