You are here:  / Críticas / Trailers / Seres Rastejantes, o trash de James Gunn

Seres Rastejantes, o trash de James Gunn

Sou um destes cinéfilos que adoram sentar no sofá, ligar a televisão e acompanhar uma aventura trash, lotada de sangue, tosqueiras e personagens clichês. Antes de ficar mundialmente conhecido por conta do filmaço Guardiões da Galáxia, o diretor James Gunn (responsável pelos roteiros de 13 Fantasmas e Madrugada dos Mortos) moldou um universo lotado disso tudo que já comentei acima, além de monstros asquerosos e fez uma bela homenagem em Seres Rastejantes.

A marca principal do projeto é que ele não se leva a sério em momento algum, vide o plote inicial, sem pé nem cabeça. Os efeitos especiais parecem ter saído direto dos seriados televisivos dos anos 70/80 e as atitudes pouco naturais dos envolvidos na trama são uma constante aqui – mulheres descem em porões escuros, o looser se apaixona pela mocinha e salva o dia.

Se você entrar no clima terá boas sequências para rir, ter nojo e vibrar com a violência gratuita. Para quem não está acostumado, a combinação destas ferramentas poderá causar certo estranhamento, mas a lógica de Seres Rastejantes é exatamente a de não ter lógica alguma. Mesmo com apenas 95 minutos de projeção, o segundo ato é uma enrolação sem tamanho e certas coisas são usadas com tanta repetição que cansam.

Seres Rastejantes

Pôster do filme

Michael Rooker, Elizabeth Banks e Brenda James, são os protagonistas e se divertem absurdamente e Gunn consegue tempo para homenagear clássicos como A Mosca, A Bolha e até resvala no sub-gênero dos zumbis. Portanto, para quem quiser acompanhar o início da carreira deste profissional promissor em Hollywood, comece com este aqui!

Sinopse de Seres Rastejantes:

Grant é um homem de negócios numa pequena cidade, casado com Starla. Eles vivem um casamento feliz, até que a irmã de uma antiga namorada flerta com o rapaz. Os dois vão saem para um local deserto e dão de cara com algo do espaço, que caiu acidentalmente na Terra. Essa gosma extraterrestre entra no corpo de Grant, transformando-o numa criatura horrenda, sedenta pela necessidade de infectar outros humanos.

Título Original: Slither
Ano Lançamento: 2006 (Estados Unidos/Canadá)
Dir: James Gunn
Elenco: Nathan Fillion, Elizabeth Banks, Gregg Henry, Michael Rooker, Tania Saulnier, Don Thompson

ORÇAMENTO: —
NOTA: 7,0

Por Éder de Oliveira

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca