You are here:  / Destaque / Filmografia / Selton Mello como diretor, um profissional completo

Selton Mello como diretor, um profissional completo

Você conhece ele como ator, roteirista e até como produtor, mas Selton Mello como diretor? Sim meus amigos! E foi algo que aconteceu com extrema naturalidade. Já tinha uma carreira sólida na televisão, em novelas como Tropicaliente ou A Indomada, nas miniséries Mulher e Os Maias e também no cinema, em projetos famosos como O Auto da Compadecida e Lavoura Arcaica.

E um ano após a estreia de O Coronel e o Lobisomem, vai para trás das câmeras e dirige Alvaro Diniz Viegas, Gabriel Gracindo e Jorge Loredo no curta metragem Quando o Tempo Cair. E este projeto foi uma espécie de estágio, que fez com que ele pudesse aprender ainda mais e ganhar experiência para entrar de cabeça em um longa.

Selton Mello como diretor

Eis que em 2008 surge Feliz Natal, que conta a história de um homem que trabalha num ferro velho e tenta se reaproximar de sua família disfuncional, bem na época em que dá nome ao filme.  Dá para notar influências de diretores como John Cassavetes e Luiz Fernando Carvalho, profissionais muito admirados por Selton Mello. Recebeu o prêmio de Melhor Fotografia no Festival de Paulínia 2008.

Selton Mello como diretor

O Palhaço foi dirigido e roteirizado por ele e foi eleito, em 2015, pela ABRACCINE, um dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos. Ele teve a ideia, após um momento de crise, quando se viu insatisfeito da carreira de ator. Depois de escrever o roteiro, convidou Wagner Moura e depois Rodrigo Santoro para viverem o Palhaço Pangaré, mas tiveram que recusar o convite por conflitos na agenda. Aí foi quando Selton decidiu protagonizá-lo. Foi outro que arrecadou diversos prêmios no Brasil e em outros países.

Selton Mello como diretor

Como tomou gosto por ficar atrás das câmeras, esteve presente em todos os episódios das três temporadas de Sessão de Terapia, transmitido pelo canal GNT.

E sua última incursão até o momento foi em O Filme da Minha Vida, baseado na obra Um Pai de Cinema escrito por Antonio Skármeta. Com elenco de peso, formado por Johnny Massaro, Bruna Linzmeyer, Vincent Cassel e Bia Arantes, fala sobre Tony, um jovem que precisa entender e lidar com o abandono repentino do pai naquela família. O filme conseguiu indicação em 5 categorias no Prêmio Platino de Cinema Ibero-Americano.

Selton Mello como diretor

E você, o que acha de Selton Mello como diretor? Comente conosco!

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Board Games