You are here:  / Críticas / SANTOS E DEMÔNIOS

SANTOS E DEMÔNIOS

www.omelete.com.brCaso ‘Santos e Demônios’ conseguisse a estabilidade vista no terceiro ato, sua nota seria melhor. O roteiro vai e volta no tempo, contando a vida de Dito, seus traumas, família desconectada, perdas, amigos sem perspectivas futuras, enfim, retrata a decadência juvenil (vista atualmente, não só nos Estados Unidos). Mas sua percepção o manda embora do bairro, vivendo então como escritor e após anos afastado, volta para reencontrar seu passado.

Robert Downey Jr. (‘Homem de Ferro’) nos brinda com uma interpretação bastante gestual, com muita representatividade em olhares e gestos. Shia Labeouf (‘Transformers’) é a versão jovem e bastante explosiva de Dito, mas que não esconde seus medos e frustrações e é numa das cenas com Chazz Palminteri, que o astro crava seu nome entre uma das grandes revelações hollywoodianas dos últimos tempos.

As fotografias sempre opacas, pálidas e propositadamente envelhecida, nos mostra que os alicerces estão diferentes naquela redondeza e que algumas cicatrizes antigas nunca se fecharam completamente.

Na estréia, o diretor Dito Montiel empolga, trazendo boas expectativas para seus filmes futuros. ‘Santos e Demônios’ pode não ser essencial, mas tem ritmo e dinamismo na medida certa.

NOTA: 7,5
ORÇAMENTO: —

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas