You are here:  / Críticas / Rock of Ages, um musical sem alma!

Rock of Ages, um musical sem alma!

Tirado de uma produção teatral de 2005, Rock of Ages pode funcionar nos palcos, mas ao leva-lo às telonas, transforma-se numa galhofada colossal, com uma linguagem muito mais pop – como se estivéssemos assistindo um episódio de duas horas de Glee –, que apenas resvala no rock’n roll.

O musical começa de maneira primária, com uma apresentação tão rasa dos personagens principais, que fará o espectador sentir vergonha alheia e o mais incrível é que o diretor Adam Sharkman (Hairspray) mantém isso até o desfecho. Talvez o melhor em cena seja mesmo Tom Cruise (Missão Impossível – Protocolo Fantasma), que transforma Stacee Jaxx num estereótipo dos rock stars dos anos 70 e 80, com maior influência para os maneirismos de Axl Rose, vocalista da banda Guns N’ Roses.

É notável perceber também o quanto a maioria das músicas e coreografias são desconexas e sem contexto, assim como a fotografia, tão limpa e sem o espírito ‘sujão’ – no bom sentido da palavra, obviamente – que acompanha o rock, desde o início dos tempos. Alec Baldwin (Os Infiltrados), Catherine Zeta Jones (Armadilha), Paul Giamatti (Tudo pelo Poder), são nomes fortes da indústria, mas que estão completamente deslocados e sem função.

Sherrie e Drew acabam se conhecendo por acaso e se apaixonam, os dois sonham em cantar e se apresentarem para grandes plateias, porém o caminho será árduo. Estamos nos anos 80, em um período que o rock está em alta e as estrelas tendem a mostrar suas esquisitices.

Diego Bonetta (ex-participante de Rebeldes) e Juliane Hough (Burlesque) tem rostos tão angelicais que não existe a possibilidade dos verdadeiros fãs dessa vertente musical sentirem que foram realmente homenageados. Talvez a grandiosidade do espetáculo teatral esconda falhas de segmentação, mas no cinema, fica difícil não bocejar ante a um produto tão precário e desprovido de inteligência.

Título Original: Rock of Ages
Ano Lançamento: 2012 (Brasil)
Dir: Adam Shankman
Elenco: Tom Cruise, Malin Akerman, Alec Baldwin, Mary J. Blige, Julianne Hough, Bryan Cranston, Catherine Zeta-Jones, Paul Giamatti, Russell Brand

NOTA: 3,0
ORÇAMENTO: 60 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca