You are here:  / Especial CP / REDE MANCHETE – A TV DO ANO 2000 (PARTE 3/3)

REDE MANCHETE – A TV DO ANO 2000 (PARTE 3/3)

emanchete.blogspot.comÚltima parte da matéria especial sobre a REDE MANCHETE (1ª parte e 2ª parte aqui).

1996 – O ANO APOGEU

No início de 96 a rede crescia e programas como o ‘Câmera Manchete’ ganhavam destaque e audiência.
Uma nova vinheta marcaria o início da programação desse novo ano com o slogan: “Rede Manchete, você em Primeiro Lugar”.

Nas tardes de Sábado, quem conseguia segurar o público era o ‘Programa Raul Gil’, sendo muitas vezes líder no horário das 14 às 18:30 hs.
No mesmo pacote das novidades, voltavam do fundo do baú as séries ‘National Kid’ e “Ultraman”, além da estréia dos japoneses ‘Sailor Moon’, ‘Shurato’ e ‘Samurais Warrers’.

‘Na Rota do Crime’ dava 16 pontos, ao acompanhar a rotina de policiais em diversas operações pelas favelas de São Paulo.
O show para o aniversário de 13 anos foi fantástico, e contou com ‘Só pra Contrariar’, ‘Double You’, ‘Roupa Nova’ e ‘Os Morenos’, no Aterro do Flamengo.

Em julho foi transmitido novamente as Olimpíadas e estreava também uma nova vinheta que mostrava ao fundo telas de quadros de pintores renomados.
Após, em setembro estréia ‘Xica da Silva’ e o sucesso estrondoso – 17 pontos, com picos de 22 – verdadeiramente, recolocava a empresa na briga pela www.quebarato.com.brliderança.

INÍCIO DO FIM

O retorno financeiro com ‘Xica da Silva’, possibilitou a emissora a investir em novas atrações, como: ‘Mistério’, ‘Mexe Brasil’ e etc.
Em agosto, com o fim do ‘carro chefe’ da empresa, entrava no ar ‘Mandacaru’, que ficou presa aos 8 pontos.

Ainda em 97 a emissora lançou a menina Debby, de apenas cinco anos de idade, como apresentadora da nova versão do ‘Clube da Criança’, exibido às 18hs., com apenas meia hora de duração.

A CRISE DE 1998

No ano de 1998 a situação da emissora pioraria. A novela ‘Mandacaru’ dava baixos lucros, e os programas jornalísticos estavam desgastados.
Em março, houve grandes mudanças no horário da emissora e estreava Claudete Troiano e Magdalena Bonfigliolli.

Mesmo com as bem-sucedidas estréias, os juros das dívidas cresciam, o que sufocava a emissora.
Em junho do mesmo ano, o salário dos funcionários não foram pagos, o que era um péssimo sinal. As transmissões da Copa do Mundo de 98 não renderam os lucros esperados, e em agosto entrava no ar a novela ‘Brida’.

Sem garantias numa emissora que já estava afundando, vários profissionais valorosos saíram da casa. De uma só vez, debandavam Márcia Peltier, Otávio Mesquita e Raul Gil. Aliado a isso, a produção dos jornalísticos parou, e os programas começavam a ser reprisados – como ‘Pantanal’, por exemplo.
Em dezembro do mesmo ano, o Jornal da Manchete saía do ar por motivo de greve geral.

A MANCHETE FORA DO AR !

Em Janeiro de 99, a emissora assinou um contrato com o Grupo Renascer em Cristo, propriedade de Sônia Hernandez. Pelo acordo, a Igreja Renascer exploraria a emissora, produzindo programas e recebendo os patrocínios, e em troca pagaria por mês R$ 80 milhões ao Grupo Bloch, como uma espécie de “aluguel”. A partir daí novas chamadas anunciando o que seria a “Nova Manchete” entravam no ar.
Porém, o acordo não deu certo e foi desfeito em fevereiro do mesmo ano, porque a Igreja não pagou a primeira parcela dos salários.
www.redemanchete.net
A emissora adentrou o ano de 1999 ainda com mais um problema: o grupo IBF reivindicava há três anos na justiça a posse do canal. O Grupo Bloch teria que esperar a liminar dando-lhes a posse da emissora para vendê-la. A liminar saiu em abril do mesmo ano, e a emissora foi finalmente vendida no dia 16 de maio de 1999 para Amílcare Dalewwo.

Era o fim de uma das emissoras mais inovadoras e, atualmente, lendárias do nosso país… Trouxe diversas novidades na parte técnica e deu ao país diversas celebridades, como Raul Gil, Xuxa, Angélica, Claudete Troiano e outros.
Aqui, nossa homenagem à emissora que, mesmo após tanto tempo fora do ar, ainda tem um espaço no coração de muitos brasileiros!

Fonte: www.redemanchete.net

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • Muito legal mesmmo essa lembrança em seu blog. A novela Pantanal foi um grande marco nas telenovelas, e não foi na Globo!

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas