You are here:  / Games / Red Dead Redemption 2: O Bom, o Mal e o Feio

Red Dead Redemption 2: O Bom, o Mal e o Feio

Olá seres ilegais do faroeste da internet, tudo bem com vocês? Finalmente ele está entre nós! Foram anos esperando, desde o pequeno teaser lançado há tempos atrás, até o dia 27 de outubro de 2018! Sim, estamos falando de Red Dead Redemption 2.

Nesta análise não vou me ater a detalhes óbvios como gráficos e enredo perfeitamente imersivos e emocionantes. Mas vamos ver o tamanho desta magnífica obra de arte. Então, sem mais delongas (adoro essa palavra!) vamos ao que interessa.

Oito Odiados, Os Indomáveis e um show de referências

Após vários GTA’s, a Rockstar trouxe ao mercado Red Dead Redemption, um clássico da geração passada com milhares de amarras emocionais em sua trama e um mundo ambientado no velho oeste e rico em detalhes. Pensávamos que nada poderia superar essa obra prima, até colocarmos as mãos em Red Dead Redemption 2, um show de detalhes e referências a grandes astros e clássicos desse gênero.

Logo no início, o jogo te coloca na pele de Arthur Morgan, um fora da lei que está procurando um local para se refugiar com sua gangue (tudo isso em meio a uma tempestade e um inverno rigoroso). Dutch, o líder do bando, se prontifica a garantir a sobrevivência de uma família que está com eles enquanto encontram um refúgio. Os Oito Odiados é a menor referência, pois já é possível notar a construção de diálogos e afeto que todos naquela gangue sentem um pelo outro.

Red Dead Redemption 2

Trecho do jogo

A movimentação, os detalhes e o peso que a neve traz ao game deixa você imerso e encantado em meio aos tiroteios viscerais – o vermelho em meio ao branco é um contraste e tanto e mostra o quão mal esses homens são. Sobrevivendo a isso, o jogador é deixado livre para explorar e aprender todas as pequenas mecânicas que o levam a uma nova experiência atrás da outra. Isso tudo com o clima e a trilha sonora mudando e te deixando sem saber o que vai enfrentar.

Quero mais, quero mais!

A história se passa 12 anos antes dos acontecimentos do primeiro jogo, mas não há necessidade de tê-lo jogado, pelo contrário, você terá todos os links com a história que virá. John Marston está presente e será um fator muito importante para o enredo e muito, mas muito emotivo mesmo!

Declaro total paixão pelo game dando 10 em todos os aspectos. Espero que tenham gostado, deixem seus comentários sobre Red Dead Redemption 2 e até a próxima semana. Um abraço moreno.

 

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Board Games