You are here:  / Críticas / RATATOUILLE

RATATOUILLE

www.adorocinema.com.brQuantos ratos falantes do cinema você, caro internauta, conhece? Podemos citar rapidamente uns 5.
Quantas histórias de animais vivendo com seres humanos já assistiu? Podemos citar rapidamente uns 50.
Quantos filmes ridículos existem, por causa da forma pouco inteligente que estes dois temas são abordados? Podemos citar rapidamente uns 500.

‘Ratatouille’ tinha absolutamente tudo para ser uma animação comum, um entretenimento familiar feito única e exclusivamente para gerar excelentes bilheterias, apoiado nas fórmulas banais que o cinemão cansou de mostrar. Mas a exuberância na temática, os personagens diferentes, caricaturais e esquisitos, se conectam perfeitamente à deliciosa Paris, com suas receitas, sabores, aromas e ao fundo seu cartão postal, a Torre Eiffel.

Sim, as pequenas lições de moral estão lá, mas Brad Bird (‘Os Incríveis’) dribla esta receita hollywoodiana (com o perdão do trocadilho), nos fazendo esquecer os clichês e moldando um roteiro enxuto e muito bem acabado, dando até uma alfinetada nos críticos, sejam de cozinha, de cinema ou de moda, que com o passar dos anos, esquecem das suas próprias essências. A versão dublada está caprichada e a trilha sonora ecoa como belíssimo prato de acompanhamento.

Linguini é um rapaz que não entende muita coisa de culinária, mas começa a ganhar status pois descobre um rato cozinheiro. A fama sobe à cabeça dos dois e quando quase tudo está acabado, o final feliz é montado da maneira Pixariana de ser. Outra obra prima do estúdio!

NOTA: 10
ORÇAMENTO: —

Comente via Facebook

Comentários

3 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca