You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / Porta dos Fundos – Contrato Vitalício

Porta dos Fundos – Contrato Vitalício

Para quem foi raptado por alienígenas intraterrenos e não esteve neste mundo nos últimos anos (quem assistir ao filme entenderá esta referência) e não conhece o canal do Youtube Porta dos Fundos, ele é um dos maiores sucessos nacionais, com milhões de views e era óbvio que depois de ganhar um programa na televisão, a próxima etapa era o cinema. E cá estamos!

Ian SBF, um dos criadores, também dirige esta investida e joga um sem número de referências à cultura pop tupiniquim, indo do ícone oitentista Sergio Malandro até os ícones atuais Azaghal e Jovem Nerd. Acima de tudo, Porta dos Fundos – Contrato Vitalício brinca e exagera (num bom sentido) nos estereótipos da youtuber de moda, do agente de celebridades e do fofoqueiro de plantão.

Por vezes me peguei com a sensação de estar assistido a uma esquete estendida, e de fato é isso mesmo (talvez não precisassem bater tanto na tecla de uma única piada e seria melhor ter um corte final com uns 20 minutos a menos), mas o grande barato aqui é notarmos que o diretor injeta personalidades ímpares para cada um dos personagens, com destaque para o incrível Gregório Duvivier e Antônio Tabet – mesmo que o próprio Fabio Porchat tenha seus momentos engraçados.

Por fim, para quem gosta de uma comédia pastelão, com situações estapafúrdias, lotadas daquele humor liderado por Monty Python, Porta dos Fundos – Contrato Vitalício é uma boa pedida, sem contar que é um sopro de originalidade para um gênero extremamente defasado pelo selo Globo Filmes, que tem sim seus méritos no cinema nacional, mas que fracassa terrivelmente em muitos quesitos.

Sinopse de Porta dos Fundos – Contrato Vitalício:

Após receberem um importante prêmio em Cannes, o diretor Miguel e seu protagonista Rodrigo vão para a festa da cerimônia, bebem demais e Rodrigo decide fazer um contrato para participar de todos os filmes o cineasta. Na manhã seguinte, Miguel desaparece e só é reencontrado dez anos depois. Agora, o diretor fará um longa metragem sobre este período que ficou desaparecido e Rodrigo deverá participar do projeto mais maluco da sua vida.

Título Original: Porta dos Fundos – Contrato Vitalício
Ano Lançamento:2016 (Brasil)
Dir: Ian SBF
Elenco: Fabio Porchat, Gregório Duvivier, Marcos Veras, Antônio Tabet, João Vicente de Castro

ORÇAMENTO: —
NOTA: 6,0

Por Éder de Oliveira

Confira outras críticas de filmes no Cinema e Pipoca

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca