Põe na Mesa | Robinson Crusoé

Temática: Náufrago
Mecânica: Posicionamento de trabalhadores, jogadores com diferentes habilidades, previsão de danos e narração de histórias
Modalidade: Cooperativo
Jogadores: 1 a 4
Ano: 2012
Idade: +8
Tempo de jogo: 120 minutos
Dependência de idioma: alta
Arte: 4/5
Sorte: 3/5
Complexidade: 4/5
Rejogabilidade: 5/5

Seu barco naufragou, mas você e seus companheiros conseguiram se salvar ao nadar até uma ilha selvagem e cheia de mistérios. É com essa premissa que o jogo Robinson Crusoé acontece. Desenvolvido por Ignacy Trzewiczek e com artes de Mateusz Bielski e Mateusz Lenart, o jogo é baseado no famoso livro homônimo de Daniel Defoe.

A mecânica base do jogo é a de posicionamento de trabalhadores. Com isso você poderá decidir se irá construir melhorias para seu acampamento ou ferramentas, buscar alimentos, explorar o cenário, caçar animais selvagens, descansar ou resolver alguns problemas que aparecem durante o jogo (e – acredite! – serão muitos).

Leia mais sobre Robinson Crusoé

Promoção | Ingressos para Um Homem de Família

Segue a lista dos vencedores que faturaram um par de ingressos para o filme Um Homem de Família:

Simone Napolione
Roberto Maranini da Silva
Alexandre Ferreira Torres
Rojane Alves das Neves Silva
Vinicius Nunes
Alda Yanagita
Arlinda De Araujo Silva
Patricia Deprez
Alreneide De Araujo Silva
Silvio Aguiar


Cinema e Pipoca, em parceria com a Califórnia Filmes, sorteará 10 pares de ingressos para o filme Um Homem de Família, dirigido por Mark Williams e estrelado por Gerard Butler, Willem Dafoe, Alfred Molina, Alison Brie.

O roteiro fala sobre um implacável headhunter corporativo de Chicago que está em plena guerra para conseguir assumir o controle das contratações de equipe da empresa. Em meio a rivalidade no trabalho, um acontecimento familiar faz com que ele coloque em conflito sua vida pessoal e profissional.

Saiba como participar clicando aqui!

Games | Little Nigthmares

Olá seres assombrados que vivem em um imersivo pesadelo da internet, tudo bem com vocês? Senhoras e senhores, quando pensamos que já vimos tudo no gênero plataforma e puzzle, eis que surge uma pérola reluzente e valiosa. Hoje falaremos sobre Little Nightmares que saiu para Ps4, X -Box One e PC, portanto pause o que estiver fazendo, pule para a poltrona e vamos para a analise.

SAIA SAIA, DE ONDE ESTIVER

O horror é algo que, ao menos para mim, é fascinante e como explicar a sensação de jogar Little Nightmares… esse era o grande desafio ao começar a escrever essa crítica. Se lembram da brincadeira de esconde esconde: você ouve seu captor chegando na sala que escolheu para se esconder, seu coração acelera, o pânico de ser pego aumenta ao ver as pernas do captor passarem rente ao seu esconderijo. Ele passa e você volta a respirar, olhando pelas frestas de seu refúgio. Ele volta, te pega e o jogo acabou. Esse é o ápice do medo para alguns, mas jogar Little Nightmares é nunca ver seu captor e sempre estar na apreensão de ser pego.

Leia mais sobre ‘Little Nighthmares’

Qual é o Filme? – Emoji

Neste primeiro episódio da série Qual é o Filme, tentaremos adivinhar os títulos dos filmes baseados em emoji, ou seja, a tarefa não será nada fácil. Para esta competição contaremos com Jonathan Pádua, dos sites Eu Vou de Mochila e Casal Nada Perfeito e Dan Pessôa do Blog do Dan. Aperte o play e confira!

Confira mais sobre o Qual é o Filme? Emoji

Guardiões da Galáxia Vol. 2 e o universo divertidíssimo destes heróis

Enquanto a DC vem penando para conseguir fazer com que seus filmes tenham densidade e equilíbrio, a Marvel Studios já conhece a fórmula do sucesso, nada de braçadas contra a concorrente e entrega projetos excelentes atrás de projetos excelentes. E se quase ninguém conhecia Peter Quill em 2014, a expectativa para esta continuação estava altíssima.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 é, sem dúvida, uma explosão de easter eggs (sem contar a explosão de cenas pós crédito, são 5 ao todo), mas não só isso, pois vai além e amplia o universo dos heróis, conseguindo também ser uma aventura que se sustenta sozinha. O roteiro de James Gunn (também diretor da empreitada), dá mais espaço aos personagens, evoluindo não só Rocket, mas também Drax e fazendo com que Peter Quill (vivido por Chris Pratt, de Jurassic World) responda diversas perguntas sobre seu passado – sem contar a fofura inigualável de Baby Groot.

Leia mais sobre ‘Guardiões da Galáxia Vol. 2’

Bate papo sobre séries

Seriados | Bate Papo sobre Séries #2

Eae série maníacos, tudo bem? Muitas séries rolando, muitas informações pipocando, novas temporadas, novos trailers… fica difícil fazer um post sobre apenas um assunto, então bora fazer um bate papo sobre séries e sobre várias coisas que estão na minha cabeça.

Os Defensores

No nosso último bate-papo, a Netflix tinha lançado o teaser de Os Defensores, mas agora saiu o trailer e véi, na boa véi, to empolgado demais pra essa série. Dia 18 de agosto, todos os episódios estarão disponíveis por lá. Então se você ainda não assistiu alguma das séries que antecedem essa, dá pra maratonar hein!

Leia mais e veja os trailers das principais séries comentadas aqui!

Ação e Reação com o velho brucutu Dolph Lundgren

Existem momentos na vida da gente que somos mais reflexivos, queremos livros mais difíceis e filmes mais densos. Em outros, queremos apenas ‘apertar o play’ e deixar a vida passar, nos divertindo com qualquer besteira colocada em nossa frente. Foi com este pensamento que resolvi fazer a insanidade de assistir Ação e Reação, filme dirigido e estrelado pelo brucutu sem expressão Dolph Lundgren (o Gunnar de Os Mercenários).

Icarus é o nome original do projeto e calha muito bem se analisarmos que ele tenta ser maior do que é, sonha em alçar vôos mais altos e consegue apenas levar um tombo relativamente grande. Lundgren não se importa em incomodar o espectador com suas câmeras lentas inseridas em momentos, no mínimo, estranhos e os zoom-in no rosto dos atores para (tentar) aumentar a dramaticidade e a tensão.

Leia mais sobre ‘Ação e Reação’

Games | Lovers in a Dangerous Spacetime

Olá seres que estão perdidos em uma perigosa guerra espacial da internet, tudo bem com vocês  Hoje, meus caros gamers, trago um game indie extremamente divertido. Portanto coloquem seu capacete espacial, abra o seu air lock e vamos para Lovers in a Dangerous Spacetime.

Imagine-se dentro de uma nave totalmente customizável e extremamente colorida no meio do espaço. Se você conseguiu imaginar essa pitoresca cena, bem vindo a este mundo escalafobético. O jogo fala sobre dois seres que se relacionam e precisam, como em um casamento ou qualquer relação, entender e ajudar um ao outro. Claro que percebemos essas camadas depois de muitos gameplays, mas a cada conquista e a cada fase completada, a relação se afina e os players começam a entender o objetivo do jogo.

 

Leia mais sobre Lovers in a Dangerous Spacetime

Drops C&P – Ozzy, Mexeu com uma Mexeu com Todas, Barão Vermelho e mais

Neste episódio da série Drops C&P, você vai ficar por dentro dos mais novos trailers lançados pelas distribuidoras nacionais (tem Geoffrey Rush em seu mais novo filme), além de poder se programar sobre a Mostra Elas, que conta com filmes dirigidos apenas por mulheres, sobre os novos documentários do Canal Curta, com destaque para Mexeu com uma Mexeu com Todas e muito mais! Aperte o play e confira!

———————————————————————————————————-

🔴 Inscreva-se no canal do Cinema e Pipoca no Youtube:
Link » https://goo.gl/jzQHU7

Confira mais sobre Drops C&P

Homens de Coragem e espectadores de coragem

Por que, em pleno 2017, onde a carreira de Nicolas Cage já se transformou numa piada sem fim (onde participa de filmes como Caça às Bruxas), eu ainda insisto em dar chances ao ator? Pensei muito em uma resposta plausível… e nada me veio em mente. Talvez seja uma espécie de carisma às avessas que ele tenha, não sei ao certo. O que sei com certeza é que Homens de Coragem tenta ser um drama comovente de guerra, utilizando o ‘baseado em fatos reais’ logo no início para dar seriedade, mas só consegue tirar risos do espectador nas duas horas de projeção.

Mesmo com todas as limitações, Cage não atrapalha o desenrolar do projeto e até se esforça para construir bons momentos para o Capitão Charles McVayO problema está na superficialidade da construção de todos os outros personagens, que carregam para si frases de efeito ditas pelo menos uma centena de vezes no cinema, além de efeitos especiais toscamente criados (o que é aquele míssil saindo do submarino?) e do corte final extremamente longo.

Leia mais sobre ‘Homens de Coragem’

Powered by WordPress | Designed by: video games | Thanks to Wachdienst, Trucks and SUV