You are here:  / Games / Oxenfree: Os Mistérios e as Belezas dos Indies

Oxenfree: Os Mistérios e as Belezas dos Indies

Olá seres que estão presenciando estranhos eventos durante o final de semana com os amigos da internet, tudo bem com vocês?! Após um longo recesso estamos aqui novamente com uma indicação/crítica de um indie game excelente. Prepare-se para um fim de semana conturbado, pois vamos falar de Oxenfree!

Tudo tem um começo… até mesmo o fim!

Desenvolvido pela equipe da Night School Studios, Oxenfree conta a história de um grupo de amigos que em um final de semana viajam para uma praia para relembrar os bons momentos de infância que todos tiveram naquele local. Ao chegarem no local, as discussões envolvendo egos, ciúmes e interesses amorosos fazem com que se separem e, acidentalmente, uma fenda espectral é aberta deixando as coisas fogem do controle. É aí que temos o início do fim da calmaria. 

O jogo é, por essência, um point and click (onde você guia ou clica o personagem para ele investigar ou interagir com algo) porém suas diferenças são enormes se comparado ao que temos disponível como referência.

Um roteiro primoroso que você escreve

O jogador inicia sua jornada em um navio e logo já vê a identidade do jogo em ação, aqui você escolhe onde vai e também quais serão as interações sociais e do próprio cenário.

Oxenfree

Imagem de Oxenfree

Me senti jogando um game feito pelo próprio Quentin Tarantino, pois os diálogos sobre situações abstratas ou dúvidas da adolescência são constantes. Quando o crush de Alex resolve explorar uma caverna, você sabe que deverá ir ajuda-lo, não porque o jogo exige isso… mas sim porque você se envolveu com o personagem a ponto de querer isso. A construção de passado de cada um é magnífica, deixando ainda mais fácil de entendermos quem é quem na turma.

O suspense aflora

Oxenfree é um jogo de suspense, uma trama envolvendo outras dimensões, fendas espectrais e sobrenatural. Mas não pense que estará livre da pequena tensão nos ombros, isso aqui é constante. Não posso revelar muito mais sobre o enredo, mas a cada nova descoberta que faz, o sentimento de satisfação é maravilhoso.

Portanto, se gosta de jogos de plataforma com elementos point and click e uma pixel-art muito bem elaborada, esse é o jogo certo!

É isso pessoas, até a próxima. Um abraço moreno.

Nota: 8,0

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca