You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / OS MERCENÁRIOS 3

OS MERCENÁRIOS 3

Stallone é um cara que tem uma visão de negócio impressionante. Primeiro, reuniu grandes astros do cinema de ação e homenageou os anos 80, depois extrapolou todos os níveis de piadas relacionadas à idade, além de inserir Van Damme e Chuck Norris e agora tenta ganhar os espectadores mais novos, colocando Ronda Rousey, Kellan Lutz e Victor Ortiz em seu novo trabalho.

É verdade que ‘Os Mercenários 3’ é o episódio mais fraco da franquia, principalmente porque a falta de sangue nas lutas incomoda bastante e o corte final têm exagerados 126 minutos – como se Sly estivesse pensando ‘como um produtor do século XXI’, sempre preocupado em diminuir a classificação indicativa para levar mais pessoas ao cinema e tendo dificuldades em terminar seu filme na hora certa –, mas a diversão descerebrada tem seus bons momentos.

O resgate inicial ao personagem de Wesley Snipes, que é tão perigoso que usa uma camisa de força bem ao estilo Hannibal, é de tirar o fôlego e as piadinhas internas ainda funcionam. A forma com que o diretor Patrick Hughes comanda a parte estética, que em certo momento faz uma espécie de homenagem ao gênero guerra, fica a frente dos projetos anteriores.

O roteiro é esperto ao nos apresentar a ‘contratação’ dos novos mercenários – e a forma mais organizada de cumprirem as missões – e a aposentadoria forçada dos outros, mas também a redenção dos velhotes, salvando os novatos da maneira mais rebuscada possível, com direito a bombas relógio e uma batalha ‘corpo a corpo’ entre Barney e o maluco Stonebanks, vivido por Mel Gibson da maneira mais natural possível.

Após resgatarem Doc, um dos integrantes da formação original dos mercenários, a trupe vai para outra missão e dão de cara com Stonebanks, que Barney acreditava estar morto. Agora, ajudado por novatos, irão ficar frente a frente com um exército.

A falta de Terry Crews, os efeitos especiais dignos de seriados televisivos e essa pasteurização da violência explícita, sempre nos remetem àquele universo visto anteriormente. Talvez os próprios atores tenham se divertido mais filmando do que nós, espectadores, ao assistirmos. E como diz o próprio Max, interpretado por Harrison Ford: “Eu não me divertia assim há anos”. Pena que não podemos dizer o mesmo.

Título Original: The Expendables 3
Ano Lançamento: 2014 (Canadá/França)
Dir: Patrick Hughes
Elenco: Sylvester Stallone, Arnold Schwarzenegger, Jason Statham, Kellan Lutz, Ronda Rousey, Victor Ortiz, Harrison Ford, Wesley Snipes, Mel Gibson, Dolph Lundgren, Jet Li, Antonio Banderas, Terry Crews, Randy Couture

ORÇAMENTO: 80 milhões de dólares
NOTA: 5,0

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca