You are here:  / Críticas / Destaque / O ÚLTIMO ELVIS

O ÚLTIMO ELVIS

Quando Elvis Presley faleceu, em 1977, este que vos fala ainda não era nem nascido, mas como a música e o mito transcendem o tempo, acabei conhecendo e me encantando por ele. Há um grau de fidelidade e paixão entre os “Elvis-Maníacos” que me deixa embasbacado e foi também por conta deste fanatismo que o diretor Armando Bo trouxe para as telonas o excepcional drama ‘O Último Elvis’.

Nada no roteiro de Nicolas GiacoboneE é gratuito, sem contar que insere covers de ícones como John Lennon e Axl Rose e companhia, com uma precisão quase inacreditável.
Há uma dramaticidade tão devastadora na figura de John McInerny que emociona desde os primeiros minutos, além do que a câmera introspectiva está sempre nos presenteando com ângulos excelentes.

A trilha sonora, juntamente com as interpretações de músicas como “Suspicious Mind” ou “Unchained Melody” cravam esta como uma das produções mais marcantes do ano e mesmo que tenha passado despercebida por aqui, vale dar uma chance ao longa pois espectador nenhum irá se arrepender.

Armando Bo resvala no drama familiar e encontra na garotinha, interpretada por Margarita Lopez, um ótimo subterfúgio para apaziguar o sofrimento de Carlos e também para trazê-lo de volta ao mundo real, já que por vezes acaba se escondendo e driblando suas fraquezas na figura de seu ídolo.

Carlos Gutierrez é um cantor que não só faz cover do seu ídolo Elvis Presley, como também vive seu dia a dia como se fosse o rei do rock. Porém, quando esta perto de completar 42 anos, ou seja, a idade que Elvis tinha quando morreu, sua vida se torna vazia e sem sentido. Após um acidente se vê obrigado a cuidar de sua filha e agora terá que decidir entre ficar com sua família ou fazer uma viagem onde homenageará seu ídolo.

Por fim, notamos que a frase “Elvis não morreu” ainda permanece em evidência, pois sua alma e talento estão no coração e na mente de todos aqueles que o admiram e que, ainda hoje, acompanham suas músicas e não deixam tal figura desaparecer. Viva este grande cantor, viva o rock e viva a todos os profissionais que estiveram por trás deste pequeno-grande filme.

Título Original: El último Elvis
Ano Lançamento: 2012 (Argentina)
Dir: Armando Bo
Elenco: John McInerny, Griselda Siciliani, Margarita Lopez, Rocío Rodríguez Presedo, Corina Romero

ORÇAMENTO: —
NOTA: 9,0

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • Orgulhosamente PUBLIQUEI uma ‘chamada’ para este ótimo artigo no site agregador de conteúdo dos Blogueiros do Brasil (( http://omelhordos.blogueirosdobrasil.com/ )).

    IMPORTANTE : As visitas aparecerão no
    Google Analytics e em outras ferramentas
    similares como originadas na URL
    http://ads.tt/ .

    Abraços cordiais.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca