You are here:  / Destaque / Especial CP / Franquias / O SUPER-HERÓI DE BOLLYWOOD

O SUPER-HERÓI DE BOLLYWOOD

Com o forte apelo popular dentro de seu próprio país, foi questão de tempo para que Bollywood criasse seu próprio super-herói, seu nome é Krrish.

O primeiro filme da franquia estreou em 2003 e se chamava ‘Koi… Mil Gaya’ e conta com um roteiro que fala sobre um homem que tem contato com extraterrestres. Mais tarde ele morre de maneira misteriosa e sua esposa dá a luz a um garoto com problemas mentais.

Como é costumeiro no cinema do país, há muita cantoria e danças, além de uma ação bem coreografada. ‘Koi… Mil Gaya’ foi a maior bilheteria daquele ano no país.

3 anos se passam e a sequência é lançada. ‘Krrish’ lembra muito o herói norte-americano Superman – é um garoto com super poderes, sua amada é jornalista e um cientista maluco quer derrota-lo – e tem roupas de combate parecidas com aquelas vistas em ‘Matrix’, ou seja, parece um balaio de gato.

O protagonista Hrithik Roshan tem boa interação com a câmera pelo menos nos trailers que pude conferir, mas a longa duração de 185 minutos me deixou um tanto amedrontado. Novamente houve uma procura gigantescas pelas sessões do filme, o que rendeu um faturamento maior que ‘Superman – O Retorno’.

Pelo visto em 2013, o diretor Rakesh Roshan contou com mais recursos financeiros para fazer sua ode do cinema de ação. Com efeitos especiais dignos dos filmes hollywoodianos – ok, alguns sem muita perfeição –, ‘Krrish 3’ resvala seu roteiro em mutantes, mais vilões determinados a destruírem o mundo e um vírus mortal.

A maior parte do elenco voltou para este terceiro capítulo que, novamente, quebrou recordes nas bilheterias.

O quarto episódio está por vir e Rakesh Roshan já está cotado para dirigí-lo novamente. Quando será que o herói chegará nas telonas tupiniquins?

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • Pingback
    Krrish, o super-herói indiano - Blogueiros do Brasil

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca