You are here:  / Críticas / Premiações / Trailers / O Poderoso Chefinho, Dreamworks anos-luz atrás da Pixar

O Poderoso Chefinho, Dreamworks anos-luz atrás da Pixar

É sempre compreensível que filmes genéricos e esquecíveis sejam lançados nos cinemas todos os anos. Até porque, é impossível termos obras primas há todo instante, principalmente com um número tão grande de lançamentos todas as semanas. O problema é quando o Globo de Ouro e o Oscar decidem indicar O Poderoso Chefinho como uma das melhores animações de 2017. Tem algo errado por aí.

Daria para citar Carros 3, Lego Batman: O Filme e A Silent Voice como projetos anos-luz à frente desta obra da Dreamworks. Mas muito mais do que votar em bons filmes, estas premiações também têm a necessidade de dar maior visibilidade àqueles com melhor lobby. Ou seja, é a indústria trabalhando como indústria. Mas e o que achei, de fato, de O Poderoso Chefinho?

Com um excelente elenco original de dubladores, contando com Alec Baldwin, Steve Buscemi, Lisa Kudrow e Tobey Maguire, há uma discrepância tremenda por aqui e enquanto 95% das animações atuais se preocupam em agradar crianças e adultos, esta dificilmente terá a aprovação do segundo grupo. E se o protagonista Tim cria várias aventuras interessantes e cheia de cores, com a chegada do tal bebê e a repetição de situações, o espectador pode se preparar para vários bocejos.

O Poderoso Chefinho

Pôster do filme

O diretor Tom McGrath é velho conhecido do público por ter feito a franquia Madagascar. E aqui, todos os excessos das aventuras dos animais pulam da tela.

Enquanto a disputa pela atenção dos pais entre os irmãos se intensifica, surge uma virada desnecessária, que me causou uma pontinha de vergonha alheia.

Se a Dreamworks mantém sua batida de animações repetitivas e sem graça, a Pixar continua no auge, com coragem para tratar de temas tão impactantes quanto a morte, por exemplo. E é por essas e outras que Viva: A Vida é uma Festa tem tudo para faturar o Oscar em cima desta besteirinha esquecível chamada O Poderoso Chefinho.

Sinopse de O Poderoso Chefinho:

Um bebê falante de terno une forças com seu irmão mais velho, meio a contragosto, para impedir que um inescrupuloso homem acabe com o amor pelos bebês. A missão é salvar os pais, impedir a catástrofe e provar que a vida pode ser reescrita de maneira diferente.

Título Original:  The Boss Baby
Ano Lançamento: 2017 (Estados Unidos)
Dir: Tom McGrath
Vozes: Alec Baldwin, Steve Buscemi, Lisa Kudrow, Jimmy Kimmel e Tobey Maguire

ORÇAMENTO: 125 Milhões de Dólares
NOTA: 5,5

INDICAÇÃO DO FILME PARA O OSCAR: Animação

Confira também um dos nossos vídeos do Canal Cinema e Pipoca

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas