You are here:  / Críticas / O OPERÁRIO

O OPERÁRIO

www.adorocinema.com.brA degradação física em Christian Bale (‘Batman – O Cavaleiro das Trevas’) – vista logo na cena de abertura – é tremendamente impactante, causando uma sensação de desconforto e momentos de terror psicológico como nos velhos tempos, onde os espectadores acabam ficando reféns do ótimo roteiro de Scott Kosar, que monta um quebra cabeças minucioso, intercalando realidade e delírio no ponto certo.

Os exemplos de como cidadãos norte-americanos se encontravam após o 11 de setembro é evidente – a confiança era algo raro, todos ao redor eram suspeitos e o medo tomava conta do dia a dia deles. O diretor Brad Anderson explora a intensidade dramática do caquético Bale, transpondo a interpretação mais perturbadora da carreira do astro. Há ainda Jennifer Jason Leigh (‘Estrada para Perdição’), correta frente às câmeras.

Trevor Reznik não dorme há um ano e por causa disso emagreceu muito. Para piorar, tem alucinações e um desconhecido o faz participar de um jogo doentio dentro de seu próprio apartamento, colocando bilhetes com desenhos e palavras inacabadas.

As locações sujas e decadentes dão originalidade e naturalidade aos 100 minutos de projeção, o clima de suspense é sufocante, principalmente no terço final, quando acabamos entendendo o porquê das ações de Trevor. ‘O Operário’ é uma produção de difícil apreciação, mas vê-lo atentamente causa tensão maior que a maioria esmagadora de torture porns espalhados por aí.

NOTA: 8,0
ORÇAMENTO: 5 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

6 COMMENTS

  • Ótima sua resenha sobre o filme, depois de ler dá vontade de assistir.

  • o filme parace ser bom….vc acha uns filmes bons…parabens

  • Já estive com o devedê desse filme em mãos. Desisti. Depois vi que ele passou na tevê, canal fechado. Pedri-o tb.
    Quem sabe não nos encontramos numa outra hora?
    Pode ser, embora não tenha me atraído.
    Valeu.

    Ipsis

  • eu baixei esse filme no escuro… gostei muito cara! concordo com sua nota!

  • um dos melhores que eu ja vi 😀

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas