You are here:  / Críticas / O ANO EM QUE MEUS PAIS SAIRAM DE FÉRIAS

O ANO EM QUE MEUS PAIS SAIRAM DE FÉRIAS

www.adorocinema.com.brHá três visões do Brasil neste drama sobre a Ditadura Militar, sobre esperança e sonhos, dirigidop por Cao Hambuerger (do seriado ‘Castelo Rá-Tim-Bum’). A primeira, pelo ângulo inocente, criativo e tocante do garoto, interpretado por Michek Joelsas, que é deixado num abrigo pelos pais e só se preocupa apenas com a Copa do Mundo de 70. Na segunda, adultos desesperados tentam sobreviver como animais, amontoados nos edifícios. Em terceiro, atitudes governamentais, levavam muitos jovens a irem contra essas duvidosas leis.

Nessa forma delicada, ‘O Ano em que meus Pais Saíram de Férias’ acaba sendo minimalista aos mais atentos e um belo drama para os espectadores ocasionais. A trilha sonora (obviamente derivativa daquela época), mantém esse ar nostálgico, necessário à obra.

Longe do impacto causado pelo mega-sucesso ‘Tropa de Elite’, a produção entoa características tremendamente nacionais e talvez por isso, tenha sido escolhida para representar o Brasil na corrida pelo Oscar.

Provavelmente com outro diretor, esse tom infantil seria entoado numa forma enfadonha. Cao prova entender o achado e nos entregando experiência capaz de fazer crer na salvação tanto governamental, quanto espiritual, mesmo sendo por poucas horas

NOTA: 7,5
ORÇAMENTO: 3 Milhões de Reais

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • 7,5!!!!
    Achei que a nota tá muito boa!
    Vou assistir a este filme e daí te digo o que achei… =P

    Hj fui ver “Nárnia”!!!
    Amei!
    Um bjo

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas