You are here:  / Críticas / Trailers / Max Steel não é ruim, é péssimo

Max Steel não é ruim, é péssimo

É até difícil escrever alguma coisa sobre um projeto tão ridículo quanto Max Steel, primeiro porque uma criança de quatro anos conseguiria fazer algo mais complexo e bem desenvolvido que este roteiro (escrito por algum estagiário de plantão), segundo por conta do elenco estapafúrdio e desconectado e terceiro pelos efeitos especiais medonhos.

A falta de timming dos produtores para o lançamento do projeto deixaria qualquer estudante de marketing embasbacado, pois o personagem já não faz tanto sucesso quanto antes e, talvez, a marca nunca tenha sido tão forte quanto eles acharam. Não saberei lhes informar quem é mais detestável, se é Ben Wintchell e sua tentativa de se transformar no novo herói teen, se é o robozinho Steel com suas tiradinhas irritantes ou se é Andy Garcia (11 Homens e um Segredo), desesperado por uma grana extra no fim do mês.

Stewart Hendler, diretor desta bagunça, havia feito antes projetos que quase ninguém viu e, com certeza, após Max Steel continuará da mesma maneira. Ao escolher uma fotografia escura – talvez para driblar a falta de qualidade dos CGIs – as batalhas se tornam confusas e desinteressantes.

Max Steel

Foto: Poster do filme

Max McGrath é um típico adolescente, até descobrir que seu corpo gera uma energia misteriosa. Lá pelas tantas, percebe que uma organização o persegue e ao conhece o extraterrestre Steel, eles unem forças e transformam-se em Max Steel.

Provavelmente nenhum funcionário da Imagem Filmes assistiu a esta aventura meia-boca, pois só assim para entender o motivo de gastarem dinheiro (e muito dinheiro) para lançarem em inúmeras salas pelo país. Será mais fácil você comprar um boneco do personagem para seu filho e deixa-lo usar a imaginação por conta própria.

Título Original: Max Steel
Ano Lançamento: 2016 (Estados Unidos)
Dir: Stewart Hendler
Elenco: Ben Winchell, Ana Villafañe, Andy García, Maria Bello, Billy Slaughter

ORÇAMENTO: —
NOTA: 1,0

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas