You are here:  / Críticas / Trailers / Malévola: A Dona do Mal e do meu sono!

Malévola: A Dona do Mal e do meu sono!

Quando o primeiro filme chegou ao fim, a personagem principal havia se redimido e se tornado mais amistosa e amigável, tudo por conta da persistência de Aurora. Em Malévola: A Dona do Mal, a protagonista volta a meter medo no pessoal que vive no reino por conta de uma história mal contada que, com o passar do tempo, se tornou real, ou seja, era um roteiro fadado ao fracasso e que não precisaria existir pois ia contra todos os acontecimentos anteriores.

Na maioria dos pôsteres tínhamos Angelina Jolie (que também é produtora da obra), Elle Fanning e Michelle Pfeiffer, ou seja, elas precisariam segurar o projeto com firmeza… mas não é isso que acontece! Se a primeira fez mais do mesmo e a segunda é chata, chorona e está longe de ser uma princesa empoderada como já havíamos visto, por exemplo, em Jasmine, Pfeiffer tenta algo diferente e se destaca durante as intermináveis duas horas de projeção. E falando ainda no elenco, o que Chiwetel Ejiofor faz aqui?

Ah… e você quer mais personagens chatos? Então vamos lá! O noivo é um chato bobão, os coadjuvantes em CGI são chatos disfarçados de fofinhos e os outros seres da raça de Malévola, assim como a tentativa de criar um universo para eles são… chatos!

Malévola: A Dona do Mal

Pôster do filme

Pelo menos os takes abertas são lindos, mas também existem batalhas muito escuras e que o espectador ficará com dificuldades para entender o que está acontecendo. Como se não bastasse, há facilitações no roteiro, como quando um grupo fica preso na igreja e poderiam quebrar as janelas de vidro para escaparem, mas decidem ignorar este fato e insistirem em destruir a pesada porta de madeira.

Quando pesquisei e descobri que o diretor Joachim Ronning tinha em sua filmografia Bandidas e Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, fiquei ainda mais preocupado. E foi só questão de tempo para perceber que eu estava certo, ainda mais quando os roteiristas inserem uma virada sobre a maldição de Aurora, que dá vergonha alheia e fazem um carnaval de cores na batalha final.

Espero que Malévola: A Dona do Mal se transforme em pó (se é que vocês que assistiram me entendem!) e passe longe de ter outra continuação, porque acho que ninguém merece passar por isso de novo!

Sinopse de Malévola: A Dona do Mal

Aurora diz ‘sim’ para o pedido de casamento do Príncipe Phillip e é imediatamente acolhida pela rainha e futura sogra. O problema é que quando vai falar com sua madrasta, a ex-malvadona se revolta, se opõe ao novo reinado e ainda reúne novos aliados para proteger as terras mágicas, antes que os humanos a destruam.

Título Original: Maleficent: Mistress of Evil
Ano Lançamento: 2019 (Estados Unidos / Reino Unido)

Dir: Joachim Ronning
Elenco: Angelina Jolie, Elle Fanning, Harris Dickinson, Michelle Pfeiffer, Sam Riley, Chiwetel Ejiofor, Ed Skrein

ORÇAMENTO: 185 Milhões de Dólares
NOTA: 3,5

Confira também um dos nossos vídeos do Canal Cinema e Pipoca

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca