You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / MAD MAX – ESTRADA DA FÚRIA

MAD MAX – ESTRADA DA FÚRIA

30 anos depois do último e mais fraco filme da trilogia original, George Miller resolveu tirar o personagem mais famoso de toda sua carreira do ostracismo e reapresenta-lo para o público. Assim surgia ‘Mad Max – Estrada da Fúria’, contestado por muitos por ser desnecessário, mas tido como grande evento para os fãs nostálgicos.

O diretor resolveu fazer boa parte dos acidentes de carro (e não são poucos) na raça, usando o mínimo possível de efeitos especiais, com isso conseguiu um feito inacreditável de montar um clímax que vai desde a primeira até a última cena, sem perder o fôlego. Mas devo lembrar a todos, este é um filme de nicho e quem não estiver acostumado ou preparado, irá sair da sessão decepcionado.

Não é surpresa nenhuma, depois de assistir ao filme, entender o porquê Max (estrelado por Tom Hardy) foi colocado como coadjuvante. A figura feminina é o mote principal por aqui, pois é uma mulher que tem a coragem de peitar um ditador bizarro e ir em busca de liberdade, são outras jovens que levam no ventre a continuação da raça e são as senhoras que carregaram, durante muitos anos, o fardo de encontrar um terreno fértil para reestruturar o mundo.

A humanidade está em decadência por conta da falta de água. Furiosa decide então encontrar um local, chamado Vale Verde, para poder viver seus dias em paz. No meio do deserto encontra Max, um homem de poucas palavras e atormentado por lembranças terríveis. Para sobreviverem, deverão lutar com todas as forças e driblar as armadilhas daquele mundo inóspito.

‘Mad Max – Estrada da Fúria’ tem diversos conceitos dos faroestes e foi no caos daquela desolação, que Miller achou uma forma de extrapolar na crítica social – seja ela política ou ambiental. Com a utilização de ‘tribos’ com seus próprios mantras e condutas morais, excelentes figurinos e Charlize Theron com seu dinamismo inacreditável, é fato que a partir de agora o cinema de ação não será mais o mesmo e as personagens terão o devido reconhecimento de Hollywood.

Título Original: Mad Max: Fury Road
Ano de Lançamento: 2015 (Austrália/Estados Unidos)
Dir: George Miller
Elenco: Tom Hardy, Charlize Theron, Nicholas Hoult, Zoe Kravitz, Rosie Huntington-Whiteley, Riley Keough, Nathan Jones, Angus Sampson, Josh Helman, Courtney Eaton, Hugh Keays-Byrne

ORÇAMENTO: 150 Milhões de Dólares
NOTA: 8,5

Por Éder de Oliveira

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas