You are here:  / Especial CP / Franquias / Lara Croft, dos games ao cinema

Lara Croft, dos games ao cinema

Se você perguntar para 10 gamers uma lista com as maiores musas dos consoles, a moça protagonista do título Tomb Raider estará presente em 99% das opiniões. Mas você sabe como foi a história de Lara Croft, dos games ao cinema? Vem com a gente que te contaremos algumas curiosidades!

Os seis primeiros jogos foram desenvolvidos pela Core Design e os três últimos pela Crystal Dynamics. Na totalidade já foram vendidos mais de 30 milhões de unidades no total e, com isso, a série acabou se tornando a mais rentável de todos os tempos.

Claramente inspirada em Indiana Jones, a heroína se torna a única sobrevivente de um voo que ia para o Himalaia. Esta experiência muda sua visão de mundo radicalmente e, dali em diante, ela começa a estudar sobre outras culturas e idiomas antigos.

– Os principais prêmios que a franquia ganhou nos games foram:

– 1998, Tomb Raider ganhou o Origins Award de Melhor jogo de ação de 1997;
– 2006, Tomb Raider ganhou o prémio de Melhor Jogo do Ano de 2006 com Tomb Raider: Legend.

Os principais jogos da franquia e por onde Lara viaja em cada um deles:

  • Atlantean Scion
    Lara investiga ruínas de antigas civilizações do Peru, Egito e Grécia, até encontrar Atlântida. Arruma briga até com um Tiranossauro… Uma heroína de respeito!
  • The Dagger of Xian
    Lara viaja para a Muralha da China, para Veneza e para as montanhas do Tibete.
  • Gold: The Golden Mask
    Passa por uma base militar russa e pela ilha de Shangrila.
  • Adventures of Lara CroftLara Croft, dos games ao cinema Lara vai até para a Índia, Londres, para a base secreta Área 51, passa por uma ilha tropical no Pacífico Sul e na Antártida.
  • The Last Revelation
    Aqui ela visita novamente o Egito e passa praticamente toda a aventura por lá!
  • Chronicles
    As histórias narradas vão parar em Roma, na Rússia, Irlanda do Norte e Nova Iorque.
  • Legend
    Lara aparece no Nepal.
  • Lara’s Shadow
    Expansão de Tomb Raider Underworld, feito apenas para Xbox 360. O jogador controla uma clone de Lara, que é mais forte e poderosa que a original.
  • Tomb Raider
    O jogo é um recomeço da série. Conta a historia de uma Lara Croft muito jovem, que após sofrer um naufrágio, se vê sozinha e isolada em uma ilha japonesa. Lá ela descobre que alguns dos seus amigos ainda estão vivos. Eles são capturados por nativos hostis, sendo confrontada com uma decisão traumática e de definição de caráter.

Tomb Raider em outras Mídias

Em 1999 a Top Cow Productions publicou vários números de HQs, além dos crossovers que a musa participou, entre eles com Fathom e The Darkness. No Brasil, as revistas saíram primeiro pela Editora Abril e mais tarde a Editora Devir fez uma caprichada edição encadernada, com os títulos: Tomb Raider – A Saga da Máscara da Medusa e Em Busca de Shangri-la.

E se você pensa que acabou, está muito enganado, pois Lara ainda foi vista em duas aventuras horrorosas nos cinemas. Quem a interpretava? Ninguém menos que Angelina Jolie.

As produções, intituladas Tomb Raider: Lara Croft e Tomb Raider: A Origem da Vida saíram em 2001 e 2003, respectivamente e foram severamente detonados pela crítica, mas levou muitos fãs para os multiplex. Arrecadaram juntos, aproximadamente 500 milhões de dólares, sem contar que a produtora já planeja retomar a franquia com um reboot.

E aí sabia da história de Lara Croft, dos games ao cinema? Qual será a próxima empreitada da heroína? Gostariam de vê-la no cinema para uma nova aventura?

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • Blogueiros Do Brasil (@BlogsBrasil)

    Orgulhosamente programei uma ‘chamada’ para este ótimo artigo no site agregador de conteúdo dos Blogueiros do Brasil (( http://omelhordos.blogueirosdobrasil.com/ )).

    Será publicado em 22/04/2013 , no decorrer do dia.

    IMPORTANTE : As visitas aparecerão no
    Google Analytics e em outras ferramentas
    similares como originadas na URL
    http://ads.tt/ .

    Abraços cordiais.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas