You are here:  / Críticas / Jurassic Park 3… sem Spielberg, não dá!

Jurassic Park 3… sem Spielberg, não dá!

Primeiramente, tivemos um filme espetacular. Em seguida, outro que era uma ‘quase’ refilmagem de King Kong. E agora chegou a hora de ver Jurassic Park 3, com uma expectativa, no mínimo, boa. Ainda havia Sam Neill (Paixão sem Limites) protagonizando, Steven Spielberg (O Resgate do Soldado Ryan) como produtor e um amontoado de efeitos especiais bacanas.

Jurassic Park 3

Comecei a assistir, mas quase dormi a partir do segundo ato. Não há nada, absolutamente nada, de inovador. Conta-se com o pior roteiro de toda trilogia e uma interpretação ainda apagada de Neill. Os dinossauros tem uma inteligência avançada e perde-se aquela questão dos instintos animalescos, tão presente nos anteriores.

Apesar de haver ação, muitos dinossauros e uma pitada de suspense, a produção ficou sem o brilho que seus antecessores tiveram, porém marcas como esta nunca saem da moda.

Já estão preparando a 4ª parte da obra iniciada (e muito bem por sinal) por Spielberg. Esperamos, com ansiedade jurássica, para o parque voltar a ser aquele arrasa-quarteirão tão divertido.

NOTA: 4,0
ORÇAMENTO: 93 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • Entre JP 2 e o som do trovão, eu fico definitivamente com o som do trovão, embora os efeitos especiais do segundo sejam tristes a história é bem empolgante!!!
    Agora, tenho que adimitir p vc!O primeiro JP me impressionou muito!
    🙂
    Bj T+

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas