You are here:  / Críticas / JOGOS MORTAIS 6

JOGOS MORTAIS 6

download-de-tudo-gratis.blogspot.com

 

É necessário dizer novamente que a cine-série ‘Jogos Mortais’ já deu o que tinha que dar? Provavelmente não. Porém continuam investindo nesses caça-niqueis, tirando roteiros cada vez mais estapafúrdios e apressados. Este é meu sexto encontro com JigSaw e está cansativo, porque a previsibilidade das cenas beira o ridículo – e nem seu final surpreende.

Sem contar a interpretação dos coadjuvantes e, principalmente, de Costas Mandylor. O cara é um pária que não tem nem expressão facial, uma vergonha se compararmos com Tobin Bell (este sim segura toda e qualquer sequência em que aparece). ‘Jogos Mortais 6’ é apenas uma cópia dos eventos anteriores com setas apontando a direção a seguir, cronômetros regressivos e a fotografia escurecida. Se anteriormente os cortes rápidos davam sensação de desconforto e agilidade, hoje serve para irritar os espectadores, pois já foi tantas vezes usada que caiu numa irrelevância absurda.

O detetive Hoffman, um dos muitos discípulos de John, conseguiu matar Strahm e jogar praticamente toda a culpa dos assassinatos nele. Mas o FBI acaba chegando perto demais e ele se vê obrigado a planejar outro jogo. Há mais flashbacks e tentam humanizar John, que já é quase um herói nesta altura do campeonato.

Há tempo ainda para o diretor David Hackl injetar uma crítica social aos convênios médicos e ao modo com que seus clientes são escolhidos – os empresários são vistos como homens engravatados, cínicos e arrogantes e toda essa atmosfera me tirou boas risadas e acho que não era essa a intenção. No fim, o que era para ser o último episódio, acaba com um gancho vergonhoso para o sétimo episódio e este sim tem tudo para ser o derradeiro desfecho, isso até vermos o quanto de grana entrará no bolso da produtora.

Título Original: Saw VI
Ano Lançamento: 2009 (Austrália/Canadá/EUA/Reino Unido)
Dir: Kevin Greutert
Elenco: Tobin Bell, Costas Mandylor, Mark Rolston, Betsy Russell, Shawnee Smith, Peter Outerbridge
ORÇAMENTO: —

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas