You are here:  / Críticas / INVOCAÇÃO DO MAL

INVOCAÇÃO DO MAL

Ao contrário do que muitos poderiam prever, James Wan vem construindo uma carreira bastante interessante no cinema. Foi um dos principais criadores do sub-gênero torture porn, com o excelente ‘Jogos Mortais’, além de dirigir o intenso ‘Sentença de Morte’ e o assustador ‘Sobrenatural’, todos feitos com orçamentos ínfimos e muita criatividade.

‘Invocação do Mal’, seu trabalho mais novo a ser lançado nas telonas brazucas, é também o mais maduro, já que têm uma ambientação familiar excelente, com escolhas perfeitas dos atores. Outro diferencial aqui é a forma com que homenageia diversos outros suspenses das décadas de 60 e 70 (tanto ao referenciar Hitchcock e Kubrick, quanto em utilizar trilhas sonoras e a fotografia que nos remetem àquela época), com efeitos práticos e tendo a sutileza de não inserir sustos gratuitos, mas focar-se naquilo que o espectador não pode ver.

Com tudo isso, alguém ainda poderá perguntar se depois de ‘O Exorcista’ e suas continuações baratas, ‘O Exorcismo de Emily Rose’, ‘O Último Exorcismo’ e tantos outros, como fazer para não cair nas armadilhas deste filão? Simples, amarrar muito bem os clichês, que estarão sempre presentes e dar a liberdade necessária para seus protagonistas, no caso, Patrick Wilson (‘Watchman’) e Vera Farmiga (‘Amor sem Escalas’).

Ron e Lili, mudam com suas três filhas para uma casa e pouco a pouco, estranhos acontecimentos começam a assustá-los. Do dia para a noite, Lili aparece com diversas manchas em seu corpo e suas filhas não conseguem dormir durante a noite. A solução encontrada é procurar um famoso casal que investiga atividades paranormais, que relutam no início, mas decidem ajudá-los. Ao descobrirem o mal que se apossou do ambiente, lutam para que nada de pior aconteça com aquela família.

Por fim, ‘Invocação do Mal’ chegou sem avisar, fez o que poucos filmes atuais conseguiram – incomodar a platéia – e já há certos burburinhos sobre algumas indicações ao Oscar, o que acho pouco provável. Que casas continuem nos assombrando, que os fantasmas se mantenham, um tanto tímidos e que James Wan não se deixe afetar pela máquina Hollywoodiana de padronizações e ‘emburrecimentos’.

Título Original: The Conjuring
Ano Lançamento: 2013 (Estados Unidos)
Dir: James Wan
Elenco:Vera Farmiga, Patrick Wilson, Lili Taylor, Ron Livingston, Shanley Caswell, Hayley McFarland Joey King

ORÇAMENTO: 20 Milhões de Reais
NOTA: 8,0

Comente via Facebook

Comentários

1 COMMENT

  • Blogueiros Do Brasil ( @BlogsBrasil )

    Orgulhosamente PUBLIQUEI uma ‘chamada’ para este ótimo artigo no NOVO SITE agregador de LINKS dos Blogueiros do Brasil (( http://omelhordos.blogueirosdobrasil.com/ )).

    Abraços cordiais.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca