You are here:  / Especial CP / IMAX: O NOVO MODO DE FAZER E VER CINEMA (PARTE 1)

IMAX: O NOVO MODO DE FAZER E VER CINEMA (PARTE 1)

imsomnia.files.wordpress.comO Cinema e Pipoca irá explicar nestas matérias o que é e quais as vantagens e desvantagens do IMAX, a tecnologia que começa tomar conta dos cinemas mundiais. É uma tentativa – extremamente válida – de diminuir a pirataria e aumentar os lucros das empresas. Veja como funciona.

As diferenças do IMAX para o ‘cineminha convencional’

A primeira grande diferença aqui é o tamanho, pois enquanto as salas convencionais tem telas de 12 metros de largura por 20 metros de comprimento, no IMAX essa proporção aumenta para 16 metros de largura para 22 de comprimento, tudo isso para preencher completamente o campo de visão do espectador, dando a sensação de que ele está ‘dentro do filme’.

Outra diferença significativa é o modo com que é impresso, pois se nas películas convencionais usa-se filmes de 35 mm, no IMAX é preciso do dobro de tamanho para não distorcer a imagem – o som também ganha em qualidade.

Há uma concentração de 60% destas salas nos Estados Unidos e Canadá, já por aqui, existem duas (uma em São Paulo, no Shopping Bourbon Pompéia e outra em Curitiba, no Palladium Shopping Center).

As dificuldades de se filmar em IMAX

– A câmera pesa por volta de 110 Kg e são necessários diversos suportes para movimentá-la.

– Os efeitos especiais tem que ser muito melhores, devido o detalhamento da imagem na telona. Com isso, o custo final da produção aumenta consideravelmente.

– Se com câmeras convencionais se gravam por volta de 10 cenas por dia, com o IMAX este número reduz para 4 cenas.

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas