You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / Herança de Sangue, o retorno de Mel Gibson

Herança de Sangue, o retorno de Mel Gibson

Mel Gibson é um cara com uma carreira interessantíssima em Hollywood, sem contar que era um dos badass mais rentáveis de sua época. Estrelou a trilogia desértica Mad Max e ainda dividiu a cena com Danny Glover em quatro oportunidades na franquia Máquina Mortífera. Mas chegou um certo momento que só escolhia projetos genéricos como O Fim da Escuridão, Plano de Fuga, Machete Mata e Os Mercenários 3.

Eis que o diretor francês Jean-François Richet resolve presentear o ator com um papel escrito para ele, ou seja, um homem amargurado por seu passado e que está tentando retomar sua vida, mas precisa ajudar alguém a se livrar de mal feitores. Rápido, violento e com explicações suficientes para fazer o espectador se importar com os protagonistas, Herança de Sangue cumpre muito bem tudo aquilo que promete.

O importante aqui é notar que o diretor tem total domínio das cenas de ação e as mescla primorosamente com uma fotografia árida e suja. Mas a química perfeita entre John Link e sua filha Lydia vai numa crescente, até chegar ao ápice, onde os dois percebem o quanto perderam por estarem longe um do outro.

Alguns coadjuvantes não tem tanta função na trama de Herança de Sangue e outros são subaproveitados, mas ao colocar na balança, você notará que estará frente a frente a um projeto com testosterona de sobra – prepare-se para o terceiro ato pois encontrará tudo aquilo que o gênero nos deu de melhor nos aos 80 e 90. 88 minutos que valem cada centavo do ingresso.

Sinopse de Herança de Sangue:

John Link é um homem recluso da sociedade, tentando encontrar um caminho certo após anos na cadeia. Mora em um trailer e vive com seu trabalho de tatuador, mas seus dias de paz chegam ao fim quando sua filha, que estava desaparecida, mata um traficante e vai atrás dele para pegar algum dinheiro emprestado. Mas ele fará de tudo para protege-la.

Título Original: Blood Father
Ano Lançamento:2016 (Estados Unidos/França)
Dir: Jean-François Richet
Elenco: Mel Gibson, Erin Moriarty, Diego Luna, William H. Macy, Dale Dickey, Daniel Moncada, Akshay Patel

ORÇAMENTO: 40 Milhões de Dólares
NOTA: 7,5

Por Éder de Oliveira

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca