You are here:  / Críticas / Harry Potter e o Cálice de Fogo

Harry Potter e o Cálice de Fogo

O bruxo mais querido dos cinemas volta para sua quarta aventura em Harry Potter e o Cálice de Fogo. E nos dá uma ação muito envolvente e, como sempre, cheia de reviravoltas e descobertas surpreendentes. Com a participação especial de Ralph Fiennes, carregando uma maquiagem pesada para interpretar o Lorde Voldemort e o trio principal ainda mais à vontade, este projeto é uma bela adição à mitologia.

Nunca li nenhum livro e só acompanho as aventuras de Potter nos cinemas. Porém, ninguém precisa ser leitor assíduo para perceber o cuidado dos filmes para agradar os fãs.

Com o início do Torneio Tri-Bruxo, nosso herói é escolhido para representar Hogwarts para tentar ganhar o Cálice de Fogo. As provas são dificílimas e se tornam o ponto alto por aqui. Tudo isso, com direito a um fantástico dragão, um labirinto medonho que muda de direção e várias outras provas. Só que isto é apenas um disfarce para o plano principal.

“Anos dificeis estão por vir”, diz um dos personagens. E eu digo: difíceis para eles, porque, para nós, serão ótimos tempos, pois poderemos ver os personagens evoluírem ainda mais e teremos filmes melhores a cada lançamento.

A computação gráfica neste Harry Potter e o Cálice de Fogo está fantástica, principalmente na criação do barco que sai das águas e traz os alunos de outras escolas (uma vaga no Oscar da categoria já tem dono).

Apesar deste ano não haver lançamentos de livros ou produções para o cinema, os pottermaníacos poderão se tranquilizar. Um box será colocado à venda com oito DVDs (os quatro filmes e o resto extras).

NOTA: 8,0
ORÇAMENTO: 150 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas