You are here:  / Críticas / Destaque / Guerreiro, filme com Tom Hardy

Guerreiro, filme com Tom Hardy

Antes de mais nada, fico impressionado em notar como certos longas metragens. Principalmente aqueles que se passam dentro dos ringues ainda têm força para nos emocionar. Foi assim com TOURO INDOMÁVEL, ROCKY, MENINA DE OURO e agora neste GUERREIRO, filme com Tom Hardy. E, ao contrário dos outros títulos citados, não trata exclusivamente de boxe, mas sim do MMA.

Como ocorreu em FORÇA POLICIAL, o diretor GAVIN O’CONNOR tem certa dificuldade em inserir os personagens e seus dramas na história. Mas depois que isso acontece, tudo flui perfeitamente e o segundo e terceiro atos ganham em emoção.

Há violência crua nos ringues, porém, O’CONNOR não esquece de moldar certas nuances como compaixão, perdão e redenção.

Tommy nota o quanto aquela família está em frangalhos e tenta uni-la novamente. Temos uma quebra imediata do american way of life e toca-se em outro ponto fundamental naquele país. Ou seja, o drama dos soldados ao tentarem retornar às suas antigas vidas.

Apesar de alguns clichês pelo caminho, os 120 minutos são conduzidos muito bem. O único problema é que o diretor se sente mais à vontade com as filmagens dentro do campeonato do que em espaços mais amplos. Em conclusão, é um filme que merece o reconhecimento. Além de dar a oportunidade de TOM HARDY (BATMAN – O CAVALEIRO DAS TREVAS RESSURGE) e JOEL EDGERTON (NED KELLY) mostrarem, novamente, o quanto são bons atores.

Sinopse de Guerreiro, filme com Tom Hardy

Tommy, um ex-fuzileiro naval retorna a sua cidade natal, Pittsburgh e começa a ser treinado pelo pai para um torneio de MMA. Na mesma cidade, o irmão de Tommy, Brendan é um professor que não consegue sustentar sua família com seu salário e também resolve voltar aos ringues. O caminho dos irmão irá se encontrar em uma competição que dará um prêmio de 5 milhões de dólares ao vencedor.

Título Original: Warrior
Ano Lançamento: 2011 (EUA)
Dir: Gavin O’Connor
Elenco: Tom Hardy, Jennifer Morrison, Joel Edgerton, Nick Nolte, Bryan Callen, Noah Emmerich, Kevin Dunn

ORÇAMENTO: 30 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca