You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / GOLPE DUPLO

GOLPE DUPLO

Aquela frase do ‘nada se cria, tudo se copia’ está incrivelmente presente de 9 entre 10 filmes gravados em Hollywood. E de tempos em tempos, o sub-gênero dos trambiqueiros ganha novos integrantes e após Danny Ocean, Charlie Croker, Marcelo Nascimento e tantos outros, eis que conhecemos Nick Spurgeon.

‘Golpe Duplo’ é uma clichezada sem tamanho dirigida por Glenn Ficarra e John Requa, que aproveitam o orçamento de 100 milhões de dólares para passear ao redor do mundo. Em relação ao roteiro, só ficará surpreendido quem nunca viu ’11 Homens e um Segredo’ e seus irmãos caçulas, pois não há nada de diferente do comum.

Do trio principal, quem se destaca é a lindíssima Margot Robbie, conseguindo equilibrar drama e comédia na medida certa, ao contrário de Will Smith, sempre mais do mesmo, e Rodrigo Santoro, coadjuvante de luxo com cinco ou seis diálogos. Logo no primeiro ato, Nick faz um intensivão da arte de roubar para Jess, e é tão repetitivo e exagerado que cansa.

Após se conhecerem de maneira inusitada, Jess insiste para Nick treiná-la para enganar pessoas. Mesmo relutante, ele a insere na equipe e ainda começa um caso amoroso com a loira. O problema é que, por conta disso, passará por cima de suas próprias regras e correrá todo tipo de perigo.

Interessante utilizar o mundo do automobilismo para provar o que já sabíamos, ou seja, ali é um dos berços dos trambiqueiros e das falcatruas. O espectador precisa apenas pegar a pipoca e o refrigerante, desligar o cérebro e aproveitar a sessão. Não mudará a vida de ninguém e nem será indicado na lista dos melhores filmes de todos os tempos, mas diverte. E isso, nos dias atuais, já é muita coisa.

Título Original: Focus
Ano de Lançamento: 2015 (Estados Unidos)
Dir: Glenn Ficarra, John Requa
Elenco: Will Smith, Margot Robbie, Rodrigo Santoro, Adrian Martinez, B.D. Wong, Gerald McRaney, Robert Taylor

ORÇAMENTO: 100 Milhões de Dólares
NOTA: 5,0

Por Éder de Oliveira

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca