You are here:  / Críticas / Trailers / O Destino de uma Nação: Gary Oldman é o favorito ao Oscar

O Destino de uma Nação: Gary Oldman é o favorito ao Oscar

Quantas e quantas vezes não presenciamos atores que, envolto a uma densa camada de maquiagem, parecem se atrapalhar com toda aquela parafernália e entregar atuações, no mínimo, duvidosas? Poderia ser o caso aqui, mas não é. E quer saber mais? Gary Oldman é o favorito ao Oscar e faz com que as próteses o ajudem numa interpretação poderosa e, acima de tudo, extremamente verdadeira.

Joe Wright, mais conhecido por dirigir Orgulho e Preconceito e Desejo e Reparação, consegue esboçar algo pouco utilizado na carreira: o trabalho de luz e sombra. A primeira vez que vemos a figura pitoresca (para dizer o mínimo) de Churchill, o fogo do isqueiro que queima seu charuto ilumina seu rosto de maneira resplandecente. No decorrer dos 120 minutos, esta sombra acompanha Churchill e todos os outros personagens, tamanho peso da decisão que deverão tomar.

Há uma filmografia que lembra bastante as da década de 40, principalmente por conta das angulações de câmera e isso ajuda bastante. Assim como a adição de coadjuvantes renomados como a ótima Kristin Scott Thomas, que tem cenas pontuais, mas sempre impactantes e Ben Mendelsohn, que interpreta um receoso, porém, justo Rei George VI. Apenas Lily James (vista recentemente em Ritmo de Fuga), fica com uma função extremamente aleatória na trama, o que é uma pena.

Gary Oldman é o favorito ao Oscar

Pôster do filme

A tão falada cena no metrô, que uns amaram e outros odiaram, é de um clichê absurdo, mas não me tirou a imersão. Assim como outras duas ou três sequências, poderiam ser dispensadas e deixaria o filme mais ágil. Contudo isso dito, duas coisas são certas por aqui: a primeira e já citada é que Gary Oldman é o favorito ao Oscar de Melhor Ator e a segunda é que O Destino de uma Nação deve ser visto nos cinemas com toda a certeza!

Sinopse de O Destino de uma Nação:

Com a Grã-Bretanha à beira de perder a guerra para a Alemanha, Winston Churchill sofre pressão para fazer um acordo com Hitler para estabelecer o estado como parte do território do Terceiro Reich, mas resiste à pressão.

Título Original: Darkest Hour
Ano Lançamento: 2017 (Reino Unido)
Dir:  Joe Wright
Elenco: Gary Oldman, Ben Mendelsohn, Kristin Scott Thomas, Lily James, Stephen Dillane, Ronald Pickup

ORÇAMENTO: 90 Milhões de Dólares
NOTA: 7,5

INDICAÇÃO DO FILME PARA O OSCAR: Filme / Ator / Fotografia / Figurino / Maquiagem e Cabelo / Design de Produção

Confira também um dos nossos vídeos do Canal Cinema e Pipoca

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Board Games