You are here:  / Destaque / Franquias / Franquia O Corvo | Das HQs para o Cinema

Franquia O Corvo | Das HQs para o Cinema

A franquia O Corvo tem como personagem principal Eric Draven, que foi criado por James O’Barr no final da década de 80 após o próprio autor perder a namorada em um trágico acidente. Com isso, ele resolveu moldar a tal história com muita violência, para ser uma espécie de válvula de escape e tentar retomar o controle das coisas em sua vida.

Com a compra dos direitos para o cinema pela Miramax, a obra ganhou sinal verde e foi orçado em 6 milhões, arrecadou quase 100 milhões de dólares no mundo todo e se transformou em um dos primeiros filmes dirigidos por Alex Proyas (que faria mais tarde Eu, Robô).

No roteiro, Draven e sua noiva são brutalmente assassinados por uma gangue. Após um ano de falecimento ele volta guiado por um corvo em busca de vingança. Aos poucos vai se relembrando dos acontecimentos e fará de seu antigo apartamento – que está abandonado desde então – seu ‘novo’ lar.

Franquia O Corvo

Assisti-lo hoje em dia continua tão impactante quanto na época, com sua ambientação soturna e boas sacadas. Aos desavisados, foi aqui que Brandon Lee, filho de Bruce Lee, foi alvejado com um tiro durante as filmagens – uma das armas que deveriam ter festim tinha uma munição real.

Pulamos para 1996, quando O Corvo – Cidade dos Anjos chega aos cinemas. Para quem achou que seria uma continuação estava muito enganado, pois o filme é uma repaginação da história de O’Barr sem as inventividades de Proyas e com Vincent Perez como protagonista. David S. Goyer roteiriza e o diretor Tim Pope consegue um orçamento de 13 milhões de dólares.

Depois disso a franquia ganhou um seriado estrelado pelo ator Mark Dacascos, conhecido pelos filmes de artes-marciais Double Dragon e Esporte Sangrento. O Corvo – Uma Escada para o Céu durou apenas uma temporada (de 1998 a 1999, totalizando 22 episódios) e os acontecimentos mostrados aqui ocorrem antes de O Corvo – Cidade dos Anjos.

Franquia O Corvo

Em O Corvo – Salvação, mais um homem que morre pelas mãos de assassinos cruéis e retorna como o anti-herói. Dirigido pelo desconhecido Bharat Nalluri, tem apenas Kirsten Dunst como rosto conhecido no elenco e foi lançado no Brasil direto em home-vídeo e rapidamente esquecido – eu mesmo nunca assisti.

O último projeto da franquia a ser filmado – e não lançado nos cinemas – foi O Corvo – Vingança Maldita de 2005. O elenco é lotado de subcelebridades como Edward Furlong, o John Connor de O Exterminador do Futuro 2, Tara Reid da cine-série American Pie, David Boreanaz, o protagonista do seriado Angel e o veterano Dennis Hooper.

Franquia O Corvo

Nos últimos anos, notícias sobre um reboot da franquia surgiram e Luke Evans e Jason Momoa quase viveram Eric Draven. O problema são sempre os mesmos: mudanças constantes de roteiro, troca de diretores e diferenças criativas e financeiras.

No ano passado a DarkSide Books lançou um livro belíssimo reunindo a história completa do autor. Além disso, são o conteúdo trás mais 30 páginas de artes inéditas e uma sequência criada pelo próprio O’Barr.

Mas e você, o que acha da franquia O Corvo? E qual seu filme favorito? Comente com a gente!

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca