You are here:  / Críticas / Destaque / Trailers / Exorcismo Sagrado, o demônio que se leva a sério demais
Exorcismo Sagrado

Exorcismo Sagrado, o demônio que se leva a sério demais

Quando vi o primeiro trailer de Exorcismo Sagrado, entendi que seria um terror de baixo orçamento. Mas ali haviam referências de O Exorcista e também de A Morte do Demônio e, consequentemente, acreditei que o projeto, que foi dirigido e roteirizado pelo estreante Alejandro Hidalgo, não se levaria a sério.

O grande problema? Estava redondamente enganado.

Primeiramente, os atores teimam em serem péssimos e temos os irritantes jump scares a cada dois minutos. Bem como, a maquiagem e os efeitos especiais parecem ter sido feitos às pressas e sem uma finalização descente. 

Há, também, um vasto ‘cardápio’ no menu dos pesadelos que assolam o padre Peter. Dentre eles, a imagem de Cristo, que desce da cruz para atormentá-lo e outras criaturas que surgem enquanto ele tem paralisia do sono.

Quando assisti ao excelente Malignonotei que a inserção de algumas decisões estúpidas dos coadjuvantes eram até perdoáveis, já que a narrativa permite. Em Exorcismo Sagrado, o espectador estará tão fora de sintonia com tudo, que tem grandes chances de passar raiva.

Em certo ponto, uma reviravolta é inserida e feridas mal cicatrizadas vem à tona. E isso importa? Claro que não.

Will Beinbrink (It: A Coisa – Parte 2) e Joseph Marcel (o Geoffrey de Um Maluco no Pedaço) nem se esforçam e despejam piadinhas fora de hora.

Quer saber o período em que a obra se passa? Nem ela mesma sabe. Pois, do nada, o padre surge com um celular para fazer uma gravação, quando pensávamos que a década em questão era 1970 ou 1980.

Enfim, o terceiro ato chega, há um ‘exorcismo invertido’ e algo que mais parece uma infestação zumbi. E pronto! Aí está nosso filme. Precisamos nos ater ao nome da possuída, que é Esperanza, pois só assim para terminar este desastre sem cair no sono.

Sinopse de Exorcismo Sagrado:

Peter Williams, um padre americano que trabalha no México, está possuído por um demônio que estava tentando expulsar e acaba cometendo o mais terrível dos sacrilégios. Dezoito anos depois, as consequências de seu pecado voltam.

Título Original: The Exorcism of God
Ano Lançamento: 2021 (EUA / México / Venezuela)
Dir: Alejandro Hidalgo
Elenco: Will Beinbrink, Maria Gabriela de Faria, Joseph Marcell, Irán Castillo

ORÇAMENTO: —
NOTA: 1,0

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas