You are here:  / Críticas / EU, MEU IRMÃO E NOSSA NAMORADA

EU, MEU IRMÃO E NOSSA NAMORADA

www.adorocinema.com.br‘Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada’ não é de todo ruim, contém astros badalados como Juliette Binoche (‘O Paciente Inglês’), Steve Carrell (‘O Virgem de 40 Anos’) e Dane Cook (‘Amigos, Amigos, Mulheres à Parte’), tem uma premissa interessante e há situações que tiram risos fáceis dos espectadores. Mas cá entre nós, Binoche nunca foi e nem será comediante, Carrell nunca foi e nem será ator para dramas e Cook interpreta sempre o mesmo personagem.

Dan Burns é um viúvo, típico pai coruja de três filhas e que na maioria das vezes exagera nos cuidados. Para harmonizar a situação, viaja para a casa dos pais e acaba conhecendo uma mulher, trocando telefones e renovando um sentimento que não sentia há tempos. Alguns dias depois, descobre o inesperado, seu irmão está namorando com ela.

O diretor Peter Hedges vai tão rápido da comédia para o drama, que os espectadores se perdem nessa troca efusiva entre dois gêneros. Quando entram em cena Diane West (‘Uma Lição de Amor’) e John Mahoney, a película ganha pontos pelo bom entrosamento da dupla, mas o acúmulo de coadjuvantes desnecessários e o desfecho abarrotado de clichês quase coloca tudo a perder.

Os créditos sobem, sorrisos amarelos são vistos, a sensação de dejá-vu paira no ar e uma hora e quarenta minutos dos seu dia foram parcialmente desperdiçados. Dica: Espere a Globo transmiti-lo.

NOTA: 6,0
ORÇAMENTO: 25 Milhões de Dólares

Comente via Facebook

Comentários

3 COMMENTS

  • Ainda bem que você me avisou! rs

  • E ai, beleza. Então, eu curti muito esse filme, e achei que o Carrel está bem numa história com uma patida de drama.

    Realmente tem uns personagens desnecessários, mais eu só aluguei por causa da Juliett e do Steve.

    Abraços, ótimo blog, já vou virar seguidor!

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas