You are here:  / Dubladores / Entrevistas / Entrevistamos o dublador de Kratos e Johnny Bravo

Entrevistamos o dublador de Kratos e Johnny Bravo

Entrevistamos o dublador de Kratos e Johnny Bravo! Sim minha gente. Ricardo Juarez é o dono da imponente dublagem destes personagens e de tantos outros, como o narrador de Digimon, o computador de Coragem – O Cão Covarde, que ele cita como um dos menos trabalhosos que já dublou “porque não tinha grande mistério em fazê-los”, além de vários filmes de Will Ferrell, que juntamente com Hellboy transformaram-se nos mais desafiadores da carreira.

A nova aventura de Kratos chega ao PS4 em 22 de março deste ano. Portanto, sem maiores delongas e já agradecendo a atenção e o carinho de Ricardo Juarez com o Cinema e Pipoca, vamos para a entrevista na íntegra:

Cinema e Pipoca: Como foi o processo para ter a oportunidade de dublar o Kratos?

Ricardo Juarez: A oportunidade de dublá-lo foi bem parecido com a de qualquer projeto. Fui chamado para um teste, ainda no Ascension e foi um teste dificílimo. Dublei o personagem em Ascension e Battle Royale, que é um jogo de luta. E pronto né! Virei o Kratos. E aí, fiquei na expectativa, pois não sabia se iria fazer ou não este novo jogo, por uma série de questões. Aí surgiram questões do tipo: “trocou o dublador americano, isso influencia?”. Não! Para se ter uma ideia, eu fiz um personagem chamado Capitão Átomo, no Liga da Justiça e o dublador americano foi trocado três vezes e eu fui mantido. Ou seja, o fato de trocarem o dublador lá, não quer dizer que acontecerá o mesmo aqui.

Entrevistamos o dublador de KratosCinema e Pipoca: E como chegou na voz para o personagem?

Ricardo Juarez: O que eu fiz foi pesar a voz, eu fabriquei a voz e usei um tom mais maduro para que combinasse com o Kratos atual. Isso são técnicas vocais que todo dublador tem para deixar a voz mais leve para personagens jovens ou mais pesada para personagens mais envelhecidos.

Cinema e Pipoca: Você conhecia a franquia de God of War antes de dublar Kratos?

Ricardo Juarez: Sim, conhecia! Sou gamer desde meus 7 ou 8 anos de idade. Eu tive o Telejogo, depois peguei um Atari, lá atrás e tive outros inúmeros consoles. Nunca fui fã de esportes e por isso, acho que sempre fui muito ligado a vídeo games. 

Cinema e Pipoca: Johnny Bravo ou Kratos, por qual personagem você é mais reconhecido?

Ricardo Juarez: Com certeza Johnny Bravo. De vez em quando, eu estou num evento de animê e as pessoas falam: ‘é o dublador do Kratos’. Mas sou mais conhecido pelo Johnny Bravo.

Cinema e Pipoca: Você já dublou alguns filmes do Van Damme e do Robert Patrick. Quando faz muitos trabalhos de um mesmo ator, torna-se mais fácil dublá-lo da próxima vez?

Entrevistamos o dublador de Kratos

Ricardo Juarez: De certa forma, quando você faz um ator, por exemplo, o Will Ferrell, que eu fiz mais vezes que o Van Damme e o Robert Patrick, você acaba pegando os trejeitos dele, a forma e o ritmo como ele fala. Então se torna mais fácil sim. E longa metragem, normalmente é só de dois em dois anos.

Em relação ao Van Damme, eu fiz alguns filmes sim, mas nunca assisti em lugar nenhum. E eu nem em considero a voz oficial destes dois que você mencionou. De vez em quando me chamam para fazer a voz do Robert Patrick, mas é raro, pois ele já está bem mais velho do que eu e por isso minha voz não caiba tanto. 

Cinema e Pipoca: Antigamente havia certo preconceito em relação à dublagem. Acha que hoje em dia isso mudou?

Ricardo Juarez: Eu entendo que existam pessoas que preferem o legendado e respeito totalmente. Acho que cada um tem que assistir o que quiser e como quiser. Mas eu acho que mudou. Hoje em dia temos vários canais como TNT, Telecine Pipoca e etc., e eles não existiam há alguns anos. Se eles estão aí e se nós fazemos muita coisa dubladas para cinema e antigamente não era assim, deve ter crescido este interesse das pessoas. Acredito que o que deva existir é uma possibilidade de escolha.

Entrevistamos o dublador de Kratos, Ricardo Juarez. Mas você pode nos sugerir outras entrevistas. Comente conosco!

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca