You are here:  / Dubladores / Entrevistas / Entrevistamos a dubladora de Cinderela!

Entrevistamos a dubladora de Cinderela!

Depois de batermos um papo com Kika Tristão, considerada a Rainha das Trilhas Sonoras da Disney no Brasil e Lara Suleiman, dubladora de Jasmine, hoje entrevistamos a dubladora de Cinderela, Natali Pazete e fechamos esta trilogia de nomes de peso!

E além desta personagem, Pazete empresta sua voz para Any Malu, personagem animada que tem um canal no Youtube, além de Tiana em Wifi Ralph, só para citar algumas. E perguntado sobre sua preferência em fazer trabalhos mais longos ou curtos, ela comenta que “é bem legal fazer trabalhos mais longos como novelas e séries porque nos permite acompanhar o desenvolvimento da personagem, da trama, e também como a atriz que a interpreta originalmente lida com essa evolução”.

Então, sem maiores delongas, simbora pra entrevista na íntegra!

Cinema e Pipoca: Any Malu é sua personagem mais famosa? Como surgiu o convite para dubla-la?

Natali Pazete: Não sei se posso dizer que a Any Malu é minha personagem mais famosa, cada trabalho atinge mais um tipo de público específico. Os jovens e adolescentes curtem muito a Betty Cooper de Riverdale por exemplo, mas com certeza é uma das mais reconhecidas sim.

Na Any Malu o que fazemos não é dublagem, na verdade é voz original, ou seja, gravamos as falas antes das imagens serem animadas. O convite surgiu quando o Anderson Mahanski e o Fernando Mendonça estavam desenvolvendo o projeto com o pessoal do Combo Estúdio. Um dia o Fernando estava comigo num estúdio de dublagem, ambos esperando pra gravar, era verão e fazia muito calor, tava cheio de mosquitos. Ele tava falando sobre o projeto e eu tava pirando na ideia. Diz ele que ali, enquanto a gente papeava e matava mosquitos, ele achou que minha voz seria ideal pra Any Malu (risos), um tempo depois eles me ligaram formalizando o convite e eu aceitei na hora.

Cinema e Pipoca: É uma personagem com falas muito rápidas. No começo foi muito difícil
encontrar o ritmo ideal para encaixar a voz na personagem?

Natali Pazete: Então, como na Any Malu é um processo de gravação de voz original, não foi necessário encaixar a voz ou me adequar ao ritmo dela. As falas rápidas foram surgindo naturalmente no processo de criação da personagem, junto com os criadores e o diretor de vozes, que é o próprio Fernando Mendonça. Acho que por ela ter muita energia e ser, como ela mesma diz, tripolar, não teria como ser diferente.

Entrevistamos a dubladora de Cinderela

Natali Pazete e algumas das personagens que dublou

Cinema e Pipoca: Além de Cinderela, você também dublou a princesa Tiana em Wifi Ralph. É uma emoção diferente poder emprestar a voz para uma princesa da Disney?

Natali Pazete: Com certeza! Além de uma enorme responsabilidade! As princesas são muito queridas de todo o público das animações da Disney, então carecem de um cuidado especial de todos os envolvidos. Cinderela é um clássico e a Tiana ainda exigia uma dose extra de responsabilidade por originalmente ter sido dublada por outra atriz (a Kakau Gomes, que não pôde interpretá-la já que no mesmo filme ela dublou a Mulan), sendo necessário respeitar e honrar as personagens.

Cinema e Pipoca: E qual sua princesa favorita da Disney e por que?

Natali Pazete: Acho que se eu não disser que é a Cinderela seria uma heresia! Hahaha

Porque realmente foi muito significativa na minha vida e na minha carreira e também porque acho que na versão do live action, que eu dublei, ela ganhou mais autonomia e força, perdendo um pouco o status de princesa passiva e indefesa. Mas pela personalidade e considerando princesas que marcaram minha infância, acho que seria a Pocahontas, porque ela é uma personagem feminina muito consciente e forte.

Entrevistamos a dubladora de Cinderela

Natali Pazete

Cinema e Pipoca: Você dublou a atriz Lily James em várias oportunidades. Com o tempo, acaba ficando mais fácil essa dinâmica?

Natali Pazete: Olha, acho que com o tempo a gente acaba entendendo o jeito da atriz um pouco melhor, mas eu adoro dublar a Lily James principalmente porque ela é uma atriz muito boa e versátil, o que já não facilita tanto assim pra mim! Mas é justamente o desafio que torna o nosso trabalho mais interessante e nos faz querer melhorar sempre.

Cinema e Pipoca: Tem algum novo projeto para os palcos que poderia nos contar?

Natali Pazete: Estamos num momento muito difícil pra arte e cultura no nosso país, então é justamente agora que temos que nos fortalecer e apoiar toda forma de arte. Eu tô morrendo de saudade do teatro e tenho alguns projetos que gostaria muito de tirar do papel. Ainda não tenho nada certo, mas quem sabe em breve não aparece uma oportunidade e terei essa ótima notícia pra contar? Tomara! Rs

Entrevistamos a dubladora de Cinderela, Natali Pazete e agora quero saber de você, o que achou e qual outro dublador gostaria que aparecesse por aqui. Comente com a gente!

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca