You are here:  / Entrevistas / Eventos / Ricardo Mazucato, um dos organizadores da CAF 2018

Ricardo Mazucato, um dos organizadores da CAF 2018

No próximo final de semana faremos a cobertura de outro evento, e nada mais oportuno do que saber todo o processo de planejamento e ideias para tirá-lo do papel. Então, conseguimos entrar em contato com Ricardo Mazucato, um dos organizadores da CAF 2018, para conversarmos um pouco sobre estes e outros assuntos!

Extinção, novo filme da Netflix

Mazucato explica que “cada edição do Anime Fest demanda uma média de 2 a 3 meses para ser feita. O Mega CAF, por outro lado, demanda de 4 a 6 meses de organização”, tudo isso por conta da proporção (eles esperam receber 5 mil pessoas no dia!)  e dos convidados que estarão presentes ali.

Quer saber mais? Então confira a entrevista na íntegra!

Cinema e Pipoca: O Circuito Anime Fest é composto por diversos outros eventos além da CAF. Quais as principais diferenças desta de Campinas para as outras?

Ricardo Mazucato: Os eventos do Circuito Anime Fest seguem um padrão parecido de atrações, que giram em torno do mundo Geek, dos Games, dos Cosplayers, da cultura japonesa e coreana. A grande diferença desta edição do CAF (temos outras duas no ano), que chamamos de “Mega CAF”, é que é uma edição especial anual de dimensões quatro vezes maiores que uma edição comum.

Esta edição contará com 30 convidados especiais, três palcos, um mega espaço pra 80 Autores Independentes de Quadrinhos e afins, e o projeto especial “Film & Games in Concert”, realizado em conjuto com a Orquestra Sinfônica da cidade de Americana-SP. Além disso temos um Convidado Internacional, o ator Drake Bell, da série “Drake & Josh”.

Cinema e Pipoca: Nesta edição, o ator, dublador e cantor Drake Bell estará presente. Em comparação com os convidados nacionais, é muito mais complexo e trabalhoso trazê-lo? Quanto tempo de conversa até fecharem a participação dele?

Ricardo Mazucato: O primeiro desafio é em relação ao custo: atores americanos, além de terem cachês maiores, contam com custos ampliados pelo valor em dólar, além da logística de transporte e hospedagem serem mais caras. Outro desafio são as burocracias para retirada de visto para a visita ao Brasil. Devido a agenda dos atores, o tempo para fechar pode ser de 1 a 6 meses, depende da disponibilidade e acesso do convidado.

Cinema e Pipoca: Se olharmos para trás, desde a primeira edição da CAF até agora, quais as principais evoluções do evento e quais as conquistas que mais se orgulham?

Ricardo Mazucato: O evento começou em 2010 com um público pequeno, e um custo alto, o que gerou prejuízos para os organizadores até ele finalmente ser reconhecido pelo público algumas edições depois. De lá pra cá o evento cresceu e se diversifou, trazendo centenas de convidados para o evento e se consolidando como o maior evento Geek do interior paulista. A maior conquista talvez seja a possibilidade de trazer convidados internacionais para o interior paulista, algo mais comum nos eventos das capitais do Brasil.

Ricardo Mazucato, um dos organizadores da CAF 2018

Confira algumas atrações do CAF 2018

Cinema e Pipoca: A crise econômica nacional chegou a afetar os eventos em relação ao público e também às vendas? Como vocês fazem para driblar este empecilho?

Ricardo Mazucato: Sim, a crise afetou todo o mercado de eventos. Congelamos preços e buscamos negociar ao máximo com nossos parceiros para manter o evento numa qualidade boa sem afetar muito o preço final para o consumidor. Infelizmente afetou a expansão e o melhoramento dos eventos por 2 anos. Em 2018 o circuito voltou a se expandir e chegamos na cidade de São José dos Campos. Novos projetos na região também estão sendo desenvolvidos.

Cinema e Pipoca: A vinda de Samira Close, que é um ícone do universo gamer, com seu humor e ótimas sacadas, prova que vocês, acima de tudo, também se preocupam em mostrar para todos que deve haver diversidade de gênero sempre e em todos os lugares, correto? Acreditam que este tipo de iniciativa também devesse ser uma constante em eventos deste porte?

Ricardo Mazucato: Sem dúvidas! Acreditamos que a representatividade deve estar cada vez mais presente na vida do nosso público. Não vemos forma melhor de apoiar as causas das minorias, senão trazendo entusiastas e influentes do meio, como a Samira. Acreditamos que não é apenas uma tendência mas uma realidade nos eventos Geeks pelo Brasil, e cobrada pelo público.

Cinema e Pipoca: Para quem quiser adquirir um ingresso para a CAF 2018, como fazê-lo?

Ricardo Mazucato: O ingresso do Mega CAF 2018 pode ser comprado pela internet, nos pontos de venda, ou na bilheteria no dia do evento. Todas as informações de como comprar pode ser encontrada no link http://www.campinasanimefest.com.br/ingressos.html

E você, vai no evento? O que achou desta entrevista com Ricardo Mazucato, um dos organizadores da CAF 2018? Comente conosco!

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca