You are here:  / Destaque / Especial CP / DVDS E BLURAY E A DIVISÃO DE REGIÕES

DVDS E BLURAY E A DIVISÃO DE REGIÕES

Hoje irei falar sobre um assunto que ainda gera certa dúvida entre os usuários de Blurays, DVDs e games, ou seja, as travas de região nas mídias originais. Essas travas servem para que um espectador de determinado país não possa assistir ao filme com códigos diferentes do seu.

Vamos fazer uma rápida demonstração: um brasileiro viaja para os Estados Unidos, compra o DVD de um filme qualquer e ao voltar de viagem tenta assisti-lo, mas percebe que o produto não funciona. O que ocorreu? Algo simples, o Brasil é Região 4 nessa mídia e os Estados Unidos Região 1, ou seja, realmente o DVD do nosso amigo não rodará.

A utilização serve para os estúdios e distribuidores controlarem seus filmes e fazer com que um mercado não interfira nos lucros (ou prejuízos) do outro.

No caso do DVD, existem 8 diferentes códigos no mundo todo, como segue abaixo:
– Região 1: Estados Unidos (e territórios pertencentes ao país), Canadá e Bermudas;
– Região 2: Europa (exceto Rússia, Ucrânia e Bielorrússia), Oriente Médio, Egito, Japão, África do Sul, Groelândia e mais alguns pequenos países;
– Região 3: Sudeste da Ásia, Coréia do Sul, China, Hong Kong e Macau;
– Região 4: México, América Central, América do Sul e Oceania;
– Região 5: Índia, Afeganistão, Ucrânia, Bielorrússia, Rússia, África (exceto os países já citados), Ásia Central e Meridional;
– Região 6: República Popular da China;
– Região 7: Reservado para uso futuro;
– Região 8: Utilizados para navios, aviões e etc.

A região 0, indica que o filme está liberado para ser visto em todas as outras regiões.

A divisão em Bluray é fácil de lembrar, pois existe apenas 4 divisões:
– Região A/1: Américas do Sul, Norte e Central e suas dependências, Ásia Central (exceto China Continental e Mongólia) e Sudeste Asiático;
– Região B/2: África, Oriente Médio, Sudoeste Asiático, Europa, Austrália, Nova Zelândia;
– Região C/3: Ásia Central, China Continental, Mongólia, Ásia Meridional, Bielorrússia, Rússia e Ucrânia;
– All: Bluray pode ser lido em qualquer região.

Acabei notando nessas pesquisas que fiz para falar a respeito desta separação por regiões, que todas estas terminologias acabaram sendo criadas também, para tentar bloquear a pirataria, mas sabemos que não funcionou e nem funcionará.

Qual será o próximo passo das distribuidoras e estúdios?

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Canal Cinema e Pipoca