You are here:  / Críticas / Duro de Matar 4.0: um homem analógico num mundo digital!

Duro de Matar 4.0: um homem analógico num mundo digital!

As décadas de 70 e 80 estão voltando com tudo, pelo menos nos cinemas. E nós ficamos gratos por isso, pois poderemos ver e rever personagens-ícones desta época tão espetacular. Rocky Balboa regressou da sua longa aposentadoria e Stallone nos brindou com este último episódio da saga. Agora, John McClane impõe ritmo alucinante e Bruce Willis prova ter muita ‘lenha para queimar’ em Duro de Matar 4.0.

Se no primeiro o personagem surgia mais humano e cheio de defeitos (algo raro aos heróis daquela época), neste o diretor Len Wiseman (Anjos da Noite) fixa a ação em sequências exageradas, deixando o espectador sem fôlego com uma adrenalina e um ritmo frenéticos. Justin Long (Aprovados) se liberta das interpretações bobocas, segurando essa chance de ouro muito bem.duro de matar 4.0

A montagem feita, mostrando vários presidentes discursando contra o país, foi uma grande sacada. Todavia, esse é apenas um dos inúmeros pontos positivos do longa. 2008 nos reserva outros velhos conhecidos como Rambo e o veterano Indiana Jones. Enfim, os bons tempos voltaram!

Sinopse de Duro de Matar 4.0

McClane pretende escoltar o único hacker sobrevivente, após vários atentados contra outros hackers. Tudo muda quando ele percebe o plano dos terroristas, ou seja, querem roubar informações preciosas contidas em computadores pessoais, usinas hidroelétricas e etc.

Onde assistir Duro de Matar 4.0?

Quer saber onde assistir Duro de Matar 4.0? Então o Cinema e Pipoca te fala! No Brasil, ele está disponível na Star Plus.

NOTA: 8,0
ORÇAMENTO: —

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Pipocast

Séries

Entrevistas