You are here:  / Críticas / Trailers / Dominação, possessão demoníaca que tira risos

Dominação, possessão demoníaca que tira risos

Vamos supor que você é um ator e recebe um roteiro que tem como plote principal possessões demoníacas, a história foi criada por um profissional que só tem projetos com gosto duvidoso e que será dirigido por outro com escolhas, no mínimo, pouco representativas na carreira. Você aceitaria? Aaron Eckhart aceitou e colocou em sua filmografia uma besteira sem tamanho intitulada Dominação.

Tudo é fora de sintonia e nem o menino possuído (algo que, normalmente, dá medo) tira sustos do público. Aliás, será mais fácil você rir, tamanha galhofa das cenas em questão. A nota não é zero simplesmente porque o projeto tem duração aproximada de 85 minutos, ou seja, quem tiver coragem de ver esta bomba, não perderá tanto tempo do seu precioso dia.

O diferencial aqui é que não há um padre fazendo exorcismos, mas sim um estudioso que entra no inconsciente da vítima e a convence de que aquilo tudo não é real. Para fazer o serviço completo, o protagonista utiliza um método parecido com aquele visto em A Origem, de Christopher Nolan, mas tropeça em suas próprias escolhas e teorias.

Dominação

Pôster do filme

E se sua lista de filmes de terror ainda está imensa, com diversos títulos para assistir, é melhor deixar este exemplar de lado e focar naqueles que são mais interessantes e tem algo a dizer. Dominação poderá dominar seu sono e te fazer dormir por horas e horas e depois de Como Cães e Gatos 2 e Terremoto: Falha em San Andreas, Peyton necessita urgentemente de um novo assessor.

Sinopse de Dominação: 

Um homem que entra no subconsciente de mentes supostamente possuídas por demônios conhece outra pessoa com a mesma capacidade. Ao mesmo tempo, ele irá ficar frente a frente com um garoto que parece ter sido possuído por uma entidade maligna que o homem conhece bem.

Título Original: Incarnate
Ano Lançamento: 2017 (Estados Unidos)
Dir: Brad Peyton
Elenco: Aaron Eckhart, Carice van Houten, Catalina Sandino Moreno, David Mazouz, Keir O’Donnell, Matt Nable

ORÇAMENTO: 5 Milhões de Dólares
NOTA: 3,0

Confira também um dos nossos vídeos do Canal Cinema e Pipoca

Comente via Facebook

Comentários

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Críticas

Séries

Games

Board Games